Saldo positivo de 1099 vagas de emprego em janeiro deixa Chapecó entre as três primeiras de SC

Somente Joinville, com saldo de 2.298, e Itajaí, com 1.408 vagas, tiveram melhor desempenho, entre as cidades com mais de 100 mil habitantes

 

Chapecó ficou entre as três primeiras de Santa Catarina no saldo de geração de empregos em janeiro. Segundo dados divulgados recentemente pelo CAGED, foram 6.099 admitidos e 5 mil desligados, o que gerou um salto positivo de 1.099 trabalhadores com carteira assinada. Somente Joinville, com saldo de 2.298, e Itajaí, com 1.408 vagas, tiveram melhor desempenho, entre as cidades com mais de 100 mil habitantes.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Elio Francisco Cella, Chapecó ficou em 13o  no Sul e entre as cinquenta melhores do país. O motor da economia da cidade continua sendo a indústria, que gerou saldo positivo de 426 vagas. Em segundo ficou a Construção Civil, com 242 vagas. Serviços ficou em terceiro com 269, Comércio em quarto com 152 e Agropecuária em quinto com 10 vagas.

O diretor de Incentivo ao Empreendedorismo e Turismo, Luiz Roberto Tillmann, destacou que todos os setores tiveram resultado positivo.

“Nós temos uma característica de que no final do ano ocorrem algumas demissões e contratações no início do ano. Além disso tivemos a abertura de um novo Atacado no setor de supermercados, além de novas empresas, novos serviços, novos empreendimentos, que precisam de mão de obra. Chapecó vem se destacando na geração de empregos e em fevereiro também esperamos bons números”, disse Tillmann.

O prefeito de Chapecó, João Rodrigues, comemorou o bom resultado e disse que a Administração Municipal tem focado em medidas para incentivar o setor produtivo e os investimentos no município. Entre elas estão ações de desburocratização, o Simplifica Chapecó, novo Distrito Industrial e os investimentos em infraestrutura, que já passam de R$ 800 milhões.