Prefeitura repassa R$ 784 mil do Fundo da Infância e da Adolescência para 17 projetos

A secretária da Família e Proteção Social, Elisiani Sanches, disse que os valores foram definidos pelos proponentes, dentro de um limite, e que os critérios de seleção foram avaliados pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente

 

Representantes de 17 entidades e associações que tiveram projetos aprovados para receber recursos do Fundo da Infância e da Adolescência estiveram na manhã desta quarta-feira (31), na sala de reuniões da Prefeitura. Na oportunidade o prefeito João Rodrigues assinou o termo de colaboração para repasse de recursos do Fundo da Infância e da Adolescência, no valor de R$ 784.288,44.

“Foram beneficiadas entidades e associações que ajudam o poder público no atendimento das demandas das nossas crianças e adolescentes. Graças a uma ação junto ao empresariado local conseguimos captar recursos que vão beneficiar o cidadão chapecoense”, disse o prefeito.

A secretária da Família e Proteção Social, Elisiani Sanches, disse que os valores foram definidos pelos proponentes, dentro de um limite, e que os critérios de seleção foram avaliados pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

O presidente do Conselho, Neto Brasil, disse que inicialmente foi feito um credenciamento de organizações não governamentais e, posteriormente, como sobrou recursos entre os credenciados, foi lançado um novo edital que contemplou também entidades governamentais.

“Com isso nós conseguimos beneficiar mais pessoas que serão atendidas pelos projetos”, disse Neto.

Os beneficiados foram os seguintes:

  • – Associação de Surdos – Laboratório de informática- R$ 57.605,51
  • – ALVF – Acolhendo e humanizando o atendimento – R$ 60.499,53
  • – Associação Maria Leite – Atividades artísticas, esportivas, culturais e de lazer – R$ 56.160,00
  • – Banda Marechal Bormann – Resgate da dignidade musical – R$ 60.902,00
  • – Fundeste – Humanização da hospitalização infantil – R$ 62.265,85
  • – APAE – Laços que a culinária provoca- R$ 19.818,90
  • – VERDE VIDA- Competências e habilidades socioemocionais no serviço de convivência – R$ 62,5 mil
  • – CAPP- Garantindo o direitos de ir e vir- R$ 62,5 mil
  • – ACOBOM- Orientação de gestanes sobre Ovace e primeiros socorros – R$ 33.993,00
  • – Secretaria da Família e Proteção Social – Oficina Maker Start-  R$ 56 mil
  • – Secretaria de Família e Proteção Social – Oficinas pedagógicas nos serviços de convivência – R$ 61.110,00
  • – Secretaria de Educação- Chapecó Criança – R$ 62,5 mil
  • – Centro de Convivência do Passo dos Fortes – Pintando um novo futuro – R$ 28.746,10
  • – CREAS II- Sala Flor e Ser – R$ 34.380,80
  • – CREAS I – Trabalho com famílias em contexto de violência – R$ 12,8 mil
  • – Serviço de Acolhimento – Capacitação de equipes e acesso a tecnologias – R$ 42.992,00
  • – Fundação de Esporte- Programa Atleta do Futuro – R$ 43.507,75

 

  • Foto: Leandro Schmidt/PMC