Polícia Civil indicia empresário de Chapecó por invadir a residência e agredir a ex-companheira

O autor danificou móveis e agrediu a vítima, sendo sua conduta flagrada por câmeras de segurança do condomínio

 

Em meados do ano de 2023, no Bairro Efapi, na cidade de Chapecó, um empresário, com 38 anos, inconformado com o término do relacionamento com sua companheira, uma mulher com 37 anos, invadiu o apartamento da vítima por estar com ciúmes, acreditando que ela estivesse se relacionando com outra pessoa.

O autor danificou móveis e agrediu a vítima, sendo sua conduta flagrada por câmeras de segurança do condomínio.

A vítima conseguiu desvencilhar-se do criminoso e foi acolhida em um apartamento vizinho, sendo acionada a polícia.

O autor, com medo de ser capturado no local, deixou o condomínio às pressas, momento em que chegou a derrubar o portão da garagem.

Tão logo soube do início da investigação pela Polícia Civil, o criminoso procurou a vítima para ressarcir os danos causados.

Segundo a Polícia Civil, o pagamento dos prejuízos não livram o autor da responsabilidade criminal e ele foi indiciado pela prática dos crimes de violação de domicílio e lesão corporal, cujas penas somadas podem alcançar até seis anos.

Com informações da Polícia Civil