Polícia Civil esclarece homicídio ocorrido em Chapecó

Foi no bairro Efapi. Autor foi preso


A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da  Divisão de investigações Criminais (DIC) de Chapecó esclareceu a morte de uma mulher de 48 anos no bairro Efapi, vítima de feminicídio. Foi na tarde desta quinta-feira (22).

O autor foi preso em flagrante pela equipe da DIC de Chapecó. O autor – trata-se do ex marido da vítima – o qual tentou forjar um possível mal súbito seguido de acidente de  trânsito.

Essas eram as primeiras impressões das pessoas leigas que visualizavam a cena dos fatos.

Imediatamente após a equipe da DIC-FRON Chapecó ser acionada iniciaram-se os trabalhos investigativos, que contaram com a imprescindível atuação da Polícia Cientifica de Chapecó.

Ao visualizar a cena do crime foi verificado pelos policias civis e peritos  sinais de possível morte por asfixia (estrangulamento) haja vista que existiam marcas no pescoço da vítima. Com as informações iniciais começaram  as entrevistas e busca de imagens para esclarecer os fatos.

Com a entrevista preliminar do ex marido da vítima ele apresentou várias contradições e confrontado com indícios que já haviam sido levantados pela equipe, acabou por confessar o crime.

Trata-se de um homem de 51 anos, o qual declarou que tinham uma relação de quase 30 anos e que há dois meses estavam separados. Ainda relatou que tentava reatar a relação e na data de ontem teriam se encontrado para realizar a divisão dos bens do casal, ocasião que, segundo o homem preso, a vítima teria assumido ter envolvimento amoroso com outro homem.

Declarou que ficou descontrolado e não teria dormido nada durante a noite. Ao amanhecer resolveu tirar a vida da ex esposa. Foi até o prédio da vítima, como possuía uma cópia da chave do carro utilizado pela vítima, teria entrado e ficado escondido no banco traseiro do veículo.

Quando a vítima entrou no carro para ir trabalhar (próximo das 7h) ele teria matado a mulher estrangulada com um pedaço de fio de luz.

Após isso,  teria levado o carro com o corpo da vítima até uma rua com declive, onde colocou o carro em ponto morto e largou o carro a fim de simular um possível acidente.  O homem foi preso em flagrante pelo crime de feminicídio.

Após os trâmites legais na Delegacia de Polícia o homem foi encaminhado ao presídio   de Chapecó, onde aguardará a disposição da Justiça.

As informações foram divulgadas pela Polícia Ciivl de Chapecó