Oportuniza Chapecó realiza curso de confeitaria

Neste ano serão disponibilizadas 34 turmas para o curso

 

Chapecó/SC, 26 de janeiro de 2024 – Bolo de morango, bolo de abacaxi, cuca e pastel assado foram algumas das delícias que foram preparadas nesta sexta-feira, último dia do Curso de Confeitaria do programa Oportuniza Chapecó, que iniciou ontem no Banco de Alimentos.

De acordo com a secretária da Família e Proteção Social, Isabel Trierveiler Machado, o Oportuniza Chapecó é um programa oferecido pela Administração Municipal, por meio da Secretaria da Família e Proteção Social, que visa proporcionar às pessoas a oportunidade de adquirir novas habilidades e capacitação para garantir uma fonte de renda alternativa.

O Curso de Confeitaria tem 16 horas e foi oferecido em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) e o Sindicato Rural de Chapecó. Entre os 14 participantes está Leandra Mariano da Cruz, 42 anos, moradora do bairro Santo Antônio.

“Como eu atuo na área de panificação de salgados, isso para nós vai ajudar muito para aprimorar nossos conhecimentos, para a gente levar para a vida. Talvez daqui a algum tempo, quando me aposentar, posso fazer para vender, para minha família ter um ganho a mais”, disse Leandra.

Segundo o gerente de Renda e Cidadania da Secretaria da Família e Proteção Social, Sérgio Riboli, em 2023 o Programa Oportuniza Chapecó realizou 30 cursos profissionalizantes em diversas áreas e de forma descentralizada. Foram 1.548 horas de cursos, atendendo aproximadamente 570 chapecoenses, contando com a parceira de entidades como Senai, Senac e Senar.

Nós conseguimos colocar vários desses alunos no mercado de trabalho, o que é importantíssimo para nós.  É fundamental que além de fazer a qualificação, nosso aluno também vá ao mercado de trabalho. Que ele gere renda e que mude a sua condição de vida também através da qualificação. Nós estamos iniciando com este curso de confeitaria e já temos 34 turmas previstas para esse ano. O que a gente sempre pede, é que as pessoas] quando vão procurar os cursos, sempre procurem os Centros de Referência de Assistência Social, que é o CRAS que faz o encaminhamento, para que a gente possa estar montando as turmas, organizando os espaços para que esses cursos aconteçam”, disse Riboli.

Para mais informações também é possível pelo telefone e WhatsApp (49) 3319-1241.

Foto e fonte: Assessoria de Comunicação PMC/Francisco Lund