Moça ingere embalagem de cocaína, passa mal em visita a prisioneira e morre em hospital

Ela teve um mal súbito durante a visita, revelou sobre a droga e foi levada para hospital

 

Chapecó/SC, 24 de janeiro de 2024 – Internada desde a última quarta 18, uma jovem de 22 anos  foi a óbito ontem após ser socorrida durante visita a uma detenta no interior da Penitenciária Industrial de Chapecó. De acordo com as informações da Secretaria de Estado da Administração Prisional e Socioeducativa (SAP), durante a visita ela passou mal e informou aos agentes penais que teria ingerido alguns invólucros contendo substância ilícita. A jovem foi atendida pela equipe de saúde do sistema prisional, sendo acionado SAMU. Após procedimentos pré-hospitalares no local, ela foi conduzida ao Hospital Regiona do Oeste, onde ficou internada até ontem, quando foi a óbito naquele nosocômio.

A Secretaria de Estado da Administração Prisional e Socioeducativa emitiu nota oficial sobre o caso.

“A Secretaria de Estado da Administração Prisional e Socioeducativa (SAP) informa que na manhã do dia 18 de janeiro uma visitante da Penitenciária Industrial de Chapecó apresentou sintomas de mal-estar, incluindo fortes dores abdominais, durante o horário de visitação aos internos.

A equipe da Penitenciária prestou atendimento à mulher, que alegou ter ingerido substâncias ilícitas. Ela recebeu os primeiros socorros da equipe de saúde do estabelecimento penal até a chegada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que a encaminhou ao Hospital Regional do Oeste, onde veio a óbito na manhã desta terça-feira (23).

A visitante estava registrada na modalidade “amiga”, inserida recentemente no Sistema de Identificação e Administração Penal por determinação de uma Ação Civil Pública, que estendeu essa modalidade a todos os presos.

A SAP informa que adotou todas as medidas legais e administrativas durante a ocorrência e acionou todas as autoridades competentes para a devida apuração dos fatos”.

Foto: Arquivo