I Prêmio Nacional de Jornalismo do Poder Judiciário: inscrições terminam nesta sexta (19)

Jornalista, aproveite essa chance de valorizar, ainda mais, os trabalhos que produziu sobre o TSE e as eleições

Brasília/DF, 19 de janeiro de 2024 – Atenção, jornalistas de todo o país! Termina nesta sexta-feira (19) o prazo de inscrições para o I Prêmio Nacional de Jornalismo do Poder Judiciário: 35 anos da Constituição Cidadã. Essa é a última chance de você concorrer à premiação e destacar, ainda mais, as reportagens que produziu sobre as eleições ou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Iniciativa inédita na Justiça, o prêmio tem como objetivo reconhecer os trabalhos jornalísticos que ressaltam o papel do Judiciário na promoção da cidadania e na proteção do Estado Democrático de Direito. Também celebra o 35º aniversário da Constituição Federal de 1988 – que foi comemorado em 5 de outubro de 2023 – e busca promover a reflexão sobre os direitos assegurados pela Carta Magna.

Jornalistas podem inscrever os trabalhos publicados nos meios de comunicação entre 8 de janeiro de 2023 e 8 de janeiro de 2024. As inscrições devem ser feitas exclusivamente por meio do formulário disponível no site do prêmio.

Os vencedores serão anunciados na cerimônia de premiação, que será realizada no dia 24 de abril de 2024 na sede do Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília (DF).

Tribunal Superior Eleitoral

Conhecido como o Tribunal da Democracia, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é um dos eixos temáticos do prêmio. Para esse eixo, os jornalistas podem inscrever trabalhos produzidos que mencionem diversos assuntos ligados às eleições e ao TSE.

Vale destacar que a Corte inicia a preparação e a organização das eleições quase dois anos antes do pleito, o que garante a transparência, a total auditabilidade e a segurança do processo.

I Prêmio Nacional de Jornalismo do Poder Judiciário

A premiação é uma ação conjunta do Supremo Tribunal Federal (STF), do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), do Superior Tribunal de Justiça (STJ), do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e do Superior Tribunal Militar (STM).

A Comissão Julgadora de cada eixo temático, ou seja, de cada Tribunal, vai escolher e premiar trabalhos jornalísticos em quatro categorias diferentes: jornalismo escrito (impresso ou on-line); jornalismo de vídeo; jornalismo de áudio; e fotojornalismo. Os participantes podem inscrever trabalhos de diferentes categorias em até três eixos temáticos.

Os indicados como vencedores de cada categoria receberão um troféu especialmente confeccionado e um certificado de participação assinado pelos presidentes dos Tribunais. Serão premiados com certificados os trabalhos classificados em segundo até o quinto lugar em cada uma das categorias.

Fonte: TSE