Hospital da Criança em Chapecó amplia serviços na região do Grande Oeste

As ações estão alinhadas com o compromisso estabelecido entre o governador Jorginho Mello e o prefeito de Chapecó, João Rodrigues

 

Na última semana, a secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto, esteve em Chapecó para iniciar as medidas destinadas a aprimorar a qualidade dos cuidados prestados aos pacientes infantis da região do Grande Oeste.

Acompanhada pelo secretário adjunto Diogo Demarchi, equipes da Secretaria de Estado da Saúde (SES), além de representantes dos secretários municipais de saúde, a gestora reuniu-se com a direção do Hospital da Criança Augusta Müller Bohner. Desde dezembro os atendimentos na unidade passaram a ter abrangência regional.

O Hospital da Criança de Chapecó passa a ser um hospital do Grande Oeste do estado de Santa Catarina e a ter a contratualização realizada pela Secretaria de Estado da Saúde. Iniciamos os processos ainda no ano passado. Inicialmente, vamos passar de 50 cirurgias pediátricas por mês para 250 e instalar o tomógrafo que lá está. Além disso, vamos implantar 20 leitos de UTI pediátrica. Esses são os primeiros passos que estamos dando para a melhoria do atendimento na região”, destaca a secretária Carmen.

Em novembro, durante um ato realizado em Chapecó, o governador Jorginho Mello já havia oficializado o Protocolo de Intenções para a transferência de gestão e ampliação de serviços na unidade. Dentre os pontos destacados, o documento apontava como prioridade a ampliação dos atendimentos no Grande Oeste.

A partir de 1º de janeiro de 2024, a SES assumiu a gestão do Hospital da Criança de Chapecó. A transição foi autorizada pela lei n° 18.803, aprovada por unanimidade na Assembleia Legislativa, em 20 de dezembro de 2023. A medida concede ao Estado a cessão de uso do imóvel que anteriormente estava sob gestão municipal, pelo prazo de 30 anos.

Foto: Divulgação / SES