Conselho Estadual de Combate à Pirataria capacita profissionais em Santa Catarina

A atividade ocorre duas vezes ao ano

 

O Conselho Estadual de Combate à Pirataria (Cecop), vinculado à Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Serviço (SICOS), promoveu uma ação crucial na quarta-feira (21), realizando uma formação dedicada a conscientizar e capacitar profissionais de diversas áreas sobre identificação de produtos falsificados e dos perigos e impactos negativos da pirataria. A atividade, que ocorre duas vezes ao ano, teve como objetivo fortalecer o combate à pirataria em Santa Catarina.

O evento, sediado no auditório da DEIC em São José, reuniu uma gama de participantes, incluindo policiais civis, militares, rodoviários, auditores fiscais, peritos judiciais e guardas municipais.

Silvio Dreveck, Secretário de Estado de Indústria, Comércio e Serviço, ressaltou a importância da iniciativa: “Estamos empenhados em proteger os direitos de propriedade intelectual e combater as atividades ilegais que prejudicam não apenas as empresas legítimas, mas também a economia do estado como um todo”.

O Auditor Fiscal da Receita Estadual e Presidente do Cecop/SC, Jair Antônio Schmitt, enfatizou a importância do trabalho conjunto na luta contra a pirataria, declarando que “O Cecop desempenha um papel crucial na coordenação e implementação de ações de combate à pirataria em Santa Catarina. Estamos comprometidos em unir forças com todas as partes interessadas, incluindo as forças policiais, o setor privado e a sociedade civil, para enfrentar esse desafio complexo. A formação realizada hoje é um passo importante para fortalecer nossa capacidade de identificar e combater eficazmente as atividades ilegais no estado.”

Foto: arquivo pessoal