CHAPECÓ: Projeto sobre bullying é realizado na EBM Diogo Alves da Silva

Os estudantes elaboraram cartazes e panfletos informativos, além de palestras, com o objetivo de apresentar os tipos de bullying, exemplos e formas de prevenção

 

No primeiro trimestre de 2023, as turmas 91 e 92, da EBM Diogo Alves da Silva, estão desenvolvendo diversas ações que fazem parte de uma campanha antibullying chamada: “Bullying não é brincadeira”. Mediado pela professora de língua portuguesa, Bruna Marzullo Fonseca, o projeto é resultado da realização da leitura coletiva do livro “A Face Oculta: uma história de bullying e cyberbullying”, de Maria Tereza Maldonado, obra que aborda o tema bullying no contexto escolar.

 “A ideia desse projeto surgiu dos próprios alunos, que se inspiraram na história, na qual os personagens fazem uma campanha contra o bullying. Em grupos, eles criaram várias formas de falar sobre o tema e ações que denunciam e combatem o bullying no ambiente escolar”, explicou Bruna. Ela contou ainda que escolheu a obra pensando no projeto da escola “eu cuido de você, você cuida de mim”.

Os estudantes elaboraram cartazes e panfletos informativos, além de palestras, com o objetivo de apresentar os tipos de bullying, exemplos e formas de prevenção. Elaboraram também um formulário e caixinhas de denúncias para casos de bullying, a fim de auxiliar na redução dessas situações na escola. As palestras estão sendo ministradas por uma equipe formada por alguns estudantes do 9º ano e alguns das séries iniciais que abordam o tema para todos os demais estudantes da escola.

A turma demonstrou um verdadeiro engajamento nesta causa e relatou que, embora já soubessem algumas coisas sobre o tema, aprenderam coisas novas ao buscar mais conteúdo para apresentar aos demais e estavam felizes por ver a atenção que receberam do público e das perguntas que foram feitas. A próxima data para a realização das palestras está marcada para dia 22 de maio.

“Esse é o verdadeiro protagonismo que a educação deve desenvolver nos estudantes! Além do espírito de iniciativa e resolução de problemas, o projeto promove o cuidado com o outro, algo necessário para o desenvolvimento pleno do ser humano e da sociedade”, destacou a secretária de educação, Astrit Tozzo.