Chapecó lidera efetividade de gestão entre as maiores cidades de SC

Já na classificação geral o município ficou na 12ª colocação entre os 295 municípios

 

Chapecó lidera o Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM) entre as maiores cidades de Santa Catarina, segundo avaliação do Tribunal de Contas do Estado. A Capital do Oeste recebeu a melhor nota na avaliação divulgada recentemente entre cidades com mais de 200 mil habitantes. Já na classificação geral o município ficou na 12ª colocação entre os 295 municípios.

Os dados são relativos ao ano de 2021. Houve uma melhora significativa em relação a 2020, quando Chapecó ficou na 136ª posição. A nota geral também subiu de 56 para 69.

“Isso é o resultado das medidas que adotamos no primeiro ano da atual gestão, desburocratizando, investindo em modernização, cuidando do dinheiro público para economizar e investir com mais eficiência e melhorando os serviços para o cidadão seja bem atendido com eficiência nos gastos”, disse o prefeito João Rodrigues.

O IEGM é composto de mais de 200 indicadores, que são respondidos pelas Prefeituras, sobre sete temas: Governança em TI, Saúde, Educação, Meio Ambiente, Cidades Protegidas, Planejamento e Fiscal.

Chapecó foi o terceiro melhor entre todos os municípios catarinenses no quesito Meio Ambiente. Este tema leva em conta o plano de gestão de resíduos, ações de promoção da sustentabilidade e educação ambiental. Uma das ações de destaque da Prefeitura nessa área é o programa Chapecó Cidade Limpa, Cidade Sustentável.

Na Governança em TI Chapecó ficou entre as dez melhores cidades. Entre os fatores avaliados estão o site da Prefeitura com informações atualizadas e boa funcionalidade, a carta de serviços, os serviços de informações ao cidadão, a segurança de dados e a transparência dos dados de receita e despesa. O Controlador Geral do Município, Alexei Anhalt, destacou que a nota de Chapecó é muito boa, considerando o tamanho do município, a quantidade de serviços realizados e o volume de informações que são geradas e processadas diariamente em todas as secretarias do município.

De acordo com o Tribunal de Contas, o IEGM permite observar quais são os meios utilizados pelos municípios nas quantidades e qualidades adequadas e ao melhor preço (economia), de modo a entender a melhor relação entre os meios utilizados e os resultados obtidos (eficiência), visando ao alcance dos objetivos com eficácia.

RANKING DO IEGM-SC (Notas das cidades com mais de 200 mil habitantes)

1- Chapecó (69)
2- Itajaí (67)
3- Criciúma (66)
4- Joinville (65)
5- Blumenau (64)
6- Florianópolis (62)
7- Palhoça (60)
8- São José (59)