Campeonato Sul-Brasileiro de Motonáutica terá pilotos da Argentina e Porto Rico

Evento será realizado nos dias 17 e 18 de fevereiro, no Goio-Ên

 

Pelo menos 25 pilotos, vindos até Argentina e de Porto Rico, já estão confirmados no Campeonato Sul-Brasileiro de Motonáutica, que será realizado nos dias 17 e 18 de fevereiro, no Goio-Ên.

Uma reunião de organização do evento, que é promovido pela Associação de Motonáutica do Rio Grande do Sul, com apoio da Prefeitura de Chapecó, foi realizada nesta quinta-feira (08), no auditório da sede do governo municipal.

O secretário de Governo e Inovação em Serviços Públicos, Thiago Felipe Etges, disse que o evento conta com o apoio da Administração Municipal e do prefeito João Rodrigues, pois o objetivo é incentivar o turismo.

“O Rio Uruguai sempre foi fonte de riqueza e nós precisamos aprender a explorar esse recurso hídrico, criando uma nova matriz econômica para o desenvolvimento do município”, disse Etges.

O presidente da Fundação de Esporte de Chapecó, Agnaldo Veriato Pereira, disse que os eventos esportivos são uma oportunidade de movimentar e desenvolver essa região tão promissora do município.

“Temos esse evento da Motonáutica que vai atrair pilotos internacionais e um grande público. Também vamos promover Jogos de Verão e temos potencial para mais eventos náuticos”, explicou Agnaldo.

De acordo com o presidente da Associação Gaúcha de Motonáutica, Rodrigo Polasek, os pilotos começam a chegar na quinta-feira, no sábado serão os treinos e, no domingo, as provas.

“Teremos várias categorias, com pilotos renomados, categorias para crianças e adolescentes e também para quem nunca competiu, mas que tem barco e gostaria de participar”, disse Rodrigo.

O gerente de Projetos e Captação da Fundação de Esporte de Chapecó, Mário Tomasi, disse que além das provas, o evento terá o apoio das Forças de Segurança de Santa Catarina e Rio Grande do Sul e da Marinha. Além disso agradeceu a Foz do Chapecó Energia S. A., pela liberação do lago, que fica na área alagada do Rio Uruguai, criada após a construção da hidrelétrica Foz do Chapecó.

Para minimizar os impactos ambientais a Gerência de Resíduos Sólidos e a Diretoria de Meio Ambiente vão promover ações de educação ambiental, distribuição e plantio de mudas e reciclagem dos resíduos. Em parceria com a Estação de Piscicultura da Unochapecó/Fundeste será realizada a soltura de alevinos. A Fundação Cultural de Chapecó vai disponibilizar DJ no sábado e atrações locais no domingo, de acordo com o seu presidente, Fellipe de Quadros.

O superintendente dos distritos de Marechal Bormann e Goio-Ên, Aderbal Pedroso, disse que já estão sendo realizadas ações de limpeza, pintura e podas na área onde será o evento. Também vai disponibilizar equipes para cuidar do estacionamento e limpeza.

Também estiveram presentes na reunião o Secretário de Segurança Pública, Clóvis Ari Leuze, além de representantes da Polícia Militar, Polícia Ambiental, Bombeiros, Marinha e NAPA.