Campanha de Prevenção do Câncer Infantil arrecadou 1,3 tonelada de alimentos

A coleta é resultado do tradicional espetáculo de dança envolvendo cerca de 200 bailarinos

 

Chapecó/SC, 06 de dezembro de 2023 – Foi realizada na quarta-feira, 06 de dezembro, a entrega oficial dos alimentos arrecadados na Campanha de Prevenção do Câncer Infantil em parceria com a Escola de Artes e pelo Núcleo de Voluntárias Formigas do Bem, no Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil (23 de novembro). O Hospital Regional do Oeste (ALVF-HRO) recebeu 1,3 tonelada de alimentos.

A coleta é resultado do tradicional espetáculo de dança envolvendo cerca de 200 bailarinos dos cursos de Ballet Clássico e Jazz Dance, realizado no Teatro Municipal do Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes, dias 23 e 24 de novembro, e que apresentou uma releitura do Ballet Bolshoi, “Coppélia”. Os ingressos foram limitados e disponíveis apenas para as famílias e convidados dos alunos que se apresentaram – 1 kg de alimento não perecível, revertido em prol do Hospital Regional do Oeste.

O evento contou com a presença de Fellipe de Quadros (Presidente da Fundação Cultural), Silvania Otto (Gestora da Escola de Artes de Chapecó), Raissa Camila Cassaro (Técnica Administrativa da Escola de Artes de Chapecó), e Jucinéia Zantedeschi Campagnollo (Coordenadora de Artes Cênicas da Escola de Artes de Chapecó), Inezita Baggio e Patrícia Marafon (Formigas do Bem) além do diretor adjunto do Hospital Regional, Valmor Busnello e da equipe do setor de Projetos e Captação de Recursos, liderada por Vânia Maria Lovera.

O diretor adjunto, Valmor Busnello, destacou a importância da parceria com a Escola de Artes de Chapecó e com as integrantes do Núcleo de Voluntárias Formigas do Bem. A arrecadação dos alimentos é uma forma concreta de ajudar as crianças que lutam contra o câncer e suas famílias. A solidariedade é um valor que deve ser cultivado em todos nós, pois é através dela que podemos transformar o mundo em um lugar melhor, ressaltou.

Fellipe de Quadros, da Fundação Cultural, e Silvania Otto, da Escola de Artes de Chapecó, ressaltaram a importância da iniciativa que, sem dúvida, poderá ser replicada em outros momentos. É fundamental que haja conscientização da população para a prevenção da doença e para o tratamento adequado das crianças diagnosticadas.

A representante das Formigas do Bem, Enezilda Maria Baggio, enfatizou a relevância dessa conscientização para a promoção de uma sociedade mais saudável e protegida. É necessário que todos estejam engajados nessa causa, para combater efetivamente a doença e garantir a qualidade de vida das crianças.

Com informações: ALVF/Divulgação