Chapecó vai aderir ao reajuste nacional de 33,24% anunciado nesta semana pelo presidente da República, Jair Bolsonaro. O prefeito de Chapecó, João Rodrigues, anunciou a medida nesta sexta-feira (28).

O prefeito e a secretária de Educação, Astrit Tozzo, explicaram que o novo piso salarial será de R$ 3.853,63 para quem tem Magistério (Ensino Médio), mas que em Chapecó somente 79 dos 1,9 mil professores ingressaram nesta modalidade e a maioria progrediu na carreira e ganha mais do que isso.

Para quem tem pós-graduação e 40h em sala de aula, o salário será de R$ 6.883, computando R$ 6,3 mil de salário mais R$ 566 de regência de classe. Mais de 90% dos professores de Chapecó vão receber R$ 6.883 de salário, a partir da publicação do decreto presidencial.

Fotos: Leandro Schmidt/PMC

“Chapecó vai ter um dos maiores salários do Brasil. Aderimos ao reajuste nacional de 33% como um gesto de valorização dos professores e respeito pelos alunos, pois queremos uma educação de qualidade”, disse o prefeito João Rodrigues.

Nesta semana houve uma reunião com os gestores das 90 unidades, onde foram anunciadas várias medidas, como aquisição de equipamentos, reforma das escolas, construção de novas unidades e ações de capacitação para elevar a qualidade de ensino na rede municipal.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here