No dia 1° de dezembro, vários países comemoram o Dia Mundial de Luta contra a Aids. Essa data foi instituída como forma de despertar a necessidade da prevenção, promover o entendimento sobre a pandemia e incentivar a análise sobre a aids pela sociedade e órgãos públicos.

No Brasil, a data começou a ser lembrada no final dos anos 1980, envolvendo os governos federal, estaduais, distrital e municipais e organizações sociais.

Foto: Henrique Vassoler / Rádio Chapecó

O primeiro caso confirmado de HIV/AIDS registrado em Santa Catarina foi em Chapecó. O assunto foi tema da entrevista no Chapecó Notícias 1ª Edição na manhã desta terça-feira (30).

A Coordenadora do Serviço de Atendimento Especializado em HIV/AIDS, Vanise Meiri Mezetti Putzel, participou da nossa programação. Na oportunidade, Vanise destacou os números dos atendimentos em Chapecó.

De acordo com o último levantamento, são 1.442 pessoas em acompanhamento, em 36 municípios. Em Chapecó, são 1.112 pessoas sendo acompanhadas. 662 são homens e 490 mulheres. Segundo os dados divulgados, desde o ano de 1984, 2.419 casos de HIV/AIDS já foram registrados na região que envolve 36 municípios. A capital do Oeste já registrou 10 óbitos.

ACOMPANHE MAIS DETALHES 

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here