No dia 19 de julho de 2011 foram oficialmente nomeados os 38 guardas da primeira turma de formação do que seria a Guarda Municipal de Chapecó. Para marcar os dez anos de atuação, foi realizado um ato comemorativo na manhã desta segunda-feira (19), no auditório da Prefeitura  Municipal.

Participaram do ato, o prefeito João Rodrigues, o diretor de Segurança Pública e responsável pela Secretaria de Defesa do Cidadão e Mobilidade, Clovis Ari Leuze, o comandante da Guarda Municipal, Roger Lima, o comandante da 4ª Região de Polícia Militar de Fronteira, coronel Jorge Luiz Haack, o delegado regional da Polícia Civil, Ricardo Casagrande, do delegado da Polícia Federal de Chapecó, Paulo Dequi Palma, delegado coordenador do Serviço Aeropolicial de Fronteira, Albert Silveira, além de representantes da Polícia Rodoviária Federal, ACIC e Sicom.

Fotos: Amauri Sales / Rádio Chapecó

A Guarda Municipal de Chapecó foi criada pela Lei Complementar 344, de 2 de março de 2009. O prefeito João Rodrigues, que também era prefeito na época, lembra que a cidade teve pico de violência.

“Nós criamos a lei da Guarda Municipal, que depois foi implantada pelo meu sucessor, José Cláudio Caramori, para cuidar do patrimônio público mas ela foi além de sua função e ajudou também as forças policiais em ocorrências, dando mais segurança para a população. Hoje estamos recebendo doações de 13 revólveres 38 da Polícia Militar e 20 do DEAP e 70 pistolas novas (.40 PT940) da Polícia Civil, numa ação de integração que estamos realizando, com o apoio de nosso consultor, Márcio Bueno. Também temos o Leuze na Segurança Pública que é alguém que tem muito conhecimento e experiência na área”, disse o prefeito. OUÇA: 

 

Leuze agradeceu a oportunidade e também a dedicação da equipe, além das parcerias com os demais órgãos de segurança.

“É uma ajuda mútua, por convênios, troca de informações, que permitiram diminuir custos e ampliar os atendimentos. Somente neste ano foram cerca de seis mil ocorrências atendidas, sendo duas mil somente relacionadas à pandemia”, destacou. OUÇA: 

 

O comandante da Guarda Municipal de Chapecó, Roger Lima, citou como uma das parcerias a cessão de um sistema da Polícia Rodoviária Federal, que vai permitir inserção dos boletins de ocorrência e declaração de acidentes de trânsito sem vítima.

“Criamos o Centro de Formação e Aperfeiçoamento Técnico, o estande de tiro, que reduz custos de formação, instituímos o Grupo de Operações Com Cães e o Canil, em parceria com a Polícia Civil, graças a uma doação de quatro cães. Essas parcerias permitiram uma economia aos cofres públicos de mais de R$ 500 mil somente neste primeiro semestre”, disse Lima.

 

A Guarda Municipal conta também com o Grupamento Tático de Motopatrulhamento e tem em seu efetivo 51 policiais. O comandante lembrou de algumas ocorrências marcantes, como a prisão de um paraguaio por tentativa de homicídio no centro, auxílio a um idoso com parada cardíaca e a uma criança que estava engasgada com leite.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here