O Dia Mundial do Doador de Sangue é celebrado em 14 de junho, a fim de homenagear os adeptos dessa ação solidária e incentivar outras pessoas a fazerem o mesmo. Em Chapecó, a Câmara de Vereadores aprovou três projetos de lei sobre o assunto e que foram sancionados pelo executivo em 2002, 2011 e 2016.

A primeira, dispõe sobre isenção ao doador de sangue do pagamento de taxas de inscrição em concursos públicos municipais. A segunda lei, institui o Dia Municipal do Doador de Sangue, dia de Reconhecimento ao Doador Voluntário de Sangue e Certificação do Amigo Doador do Município de Chapecó. E a última lei, institui em 14 de junho, o Dia Municipal dos Doadores do Futuro.

A lei que isenta os doadores de sangue de pagamentos das taxas de inscrição em concursos públicos municipais, foi sancionada pelo ex-prefeito de Chapecó, Pedro Uczai, em 11 de junho em 2002. O projeto foi de iniciativa do executivo.

Foto: Arquivo Rádio Chapecó

Já a lei que instituiu o Dia Municipal do Doador Voluntário de Sangue, na segunda quinta-feira do mês junho de cada ano, tendo como objetivo agraciar as pessoas com o certificado “Amigo Doador”, que realizam doações periódicas ao HEMOSC – Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina. O projeto foi de autoria do ex-vereador Ildo Antonini e sancionado pelo ex-prefeito José Cláudio Caramori, em 26 de setembro de 2011.

E a lei que instituiu o Dia Municipal dos Doadores do Futuro, a ser implantado no dia 14 de junho, foi de autoria do ex-vereador Diego Alves. A sanção foi feita em 14 de dezembro de 2016, pelo prefeito em exercício, João Marques Rosa.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here