Vereadores e prefeitos de todo o país estão procurando a Administração de Chapecó para saber a receita de enfrentamento à Covid que permitiu reduzir em mais de 90% o número de ativos, de 5,5 mil no início de março para 456 nesta quinta-feira.

O prefeito de Chapecó, João Rodrigues, recebeu nesta quinta-feira (15), em seu gabinete, vereadores de Francisco Beltrão e, posteriormente, de Almirante Tamandaré, ambas do Paraná. Os vereadores visitaram a UPA, Centro Avançado de Atendimento Covid e Ambulatório de Tratamento Imediato Verdão.

Ontem (14), estiveram em Chapecó o prefeito Ipuã, Ronywerton Marcelo Alves Pereira, e o vice, Vinícius Romualdo. Recentemente também visitaram a Prefeitura alguns vereadores de Curitibanos.

Foto: Prefeitura de Chapecó / Divulgação

O prefeito de Chapecó também tem participado de reuniões “online”, como uma audiência pública promovida por vereadores de São José dos Pinhais-PR, ontem, e com a Câmara Municipal de Vereadores de Campinas-SP, nesta quinta-feira. Também está prevista uma reunião virtual com vereadores de Botucatu. João Rodrigues tem destacado ações que deram resultado, como a compra de 40 mil testes rápidos.

“Antes os testes demoravam de oito a dez dias para ter o resultado. Então compramos testes swab nasal, de antígeno, que dá o resultado em 20 minutos. Com isso o sujeito já recebe o tratamento imediato e é isolado”, explicou.

Ele também falou das ações no pico da pandemia, quando faltou leito na região, e a Administração abriu 75 leitos de enfermaria e 25 de Unidade de Tratamento Semi Intensivo, no Centro de Eventos. Agora a ocupação da UTI no Hospital Regional está em 89%, com metade dos pacientes de outras cidades, inclusive 16 que foram transferidos de outras regiões. O prefeito anunciou também outras medidas, como a Operação  “Lockdown Inverso”, com reforço nas medidas de testagem,  isolamento e monitoramento dos pacientes infectados.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here