A novidade do boletim deste domingo (28) do Centro Avançado de Atendimento Covid-19 (CAAC), que não teve altas e nem óbitos, é a desativação dos 35 leitos da Enfermaria 1, inaugurada há cerca de um mês, no Centro de Eventos.

No final de fevereiro a falta de leitos nos hospitais e a grande demanda causou lotação de leitos na UPA e cerca de 30 pessoas já estavam sendo internadas nos ambulatórios. Tanto que os 35 leitos lotaram logo e foi necessário abrir a Enfermaria 2, com mais 40 leitos, além dos 20 leitos da Unidade de Tratamento Semi-Intensivo (UTSI).

Mas, com as medidas tomadas pela Administração Municipal com o apoio da comunidade e dos governos Federal e Estadual, houve redução do contágio, além das altas proporcionadas pelo atendimento dos profissionais e estrutura do CAAC. Infelizmente ocorreram 19 óbitos. Mas 96 pacientes tiveram alta e 67 foram transferidos para hospitais no período. Tudo num espaço que não existia há pouco mais de um mês.

Como neste domingo o CAAC tem apenas 20 pacientes, sento sete na UTSI e 13 na Enfermaria 2, a Administração Municipal optou por desativar a ala que estava ociosa, mantendo uma margem de segurança, já que mesmo diminuindo 35 leitos ainda existem 40 leitos disponíveis na UTI e Enfermaria 2.

Foto: Prefeitura de Chapecó / Divulgação

“Isso é resultado do trabalho dos nossos profissionais, das estruturas montadas, dos testes rápidos. Os equipamentos que sobrarem serão guardados para caso de necessidade. Estamos vencendo a Covid-19 em Chapecó”, disse o prefeito João Rodrigues.

Em caso de uma nova onda de contágio, com aumento do número de pacientes, a Enfermaria 1 pode ser reativada.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here