A Divisão de Investigação Criminal de Chapecó (DIC/FRON) realizou 108 prisões durante o ano de 2020. A maioria desses mandados foi por envolvimento de pessoas em organizações criminosas e tráfico de drogas. Até o momento, foram desencadeadas 43 operações, com o envolvimento de mais de 500 policiais civis de toda a região Oeste.

Amauri Sales/ Radio Chapecó

O delegado Rodrigo Moura destaca que das 43 operações, 23 resultaram na prisão de mais de uma pessoa. O coordenador da DIC DROGAS também ressalta que em 2020 uma das operações realizada pela subdivisão teve um numero expressivo de investigados. Denominada “Operação Exorcismo”, teve o intuito de desmantelar uma organização criminosa envolvida com o tráfico de drogas na região do bairro seminário, onde foram investigadas mais de 10 pessoas.

O delegado Moura lembrou ainda que durante três dias do Carnaval a sua equipe realizou 15 ações contra o tráfico, resultando na prisão de sete (07) pessoas.

As ações da DIC durante ao ano resultaram em uma das maiores apreensões de MDMA (Ecstasy), contabilizando mais de 1.200 micro pontos da droga sendo retirados de circulação, além de mais de meia toneladas de maconha. Cocaína e crack, da mesma forma foram apreendidos no período.

Dentre as operações desencadeadas pela equipe coordenada pelo delegado Rodrigo Moura, uma que se destaca em números de prisões, é a Woodstock, que teve seu inicio em 2018 , ano esse que o delegado passou a coordenar uma das equipes da DIC, e nela foram realizadas 10 fases, sendo presos mais de 50 investigados. Essa operação cumpriu mais de 100 mandados de busca e apreensão.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here