O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva (PSL), foi absolvido no tribunal especial de julgamento nesta sexta-feira (27). Com isso, ele retorna ao cargo. O chefe do executivo foi julgado por crime de responsabilidade no aumento salarial dado aos procuradores do estado. Ele foi absolvido por 6 votos a 3, com uma abstenção.

O julgamento ocorre no plenário da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), em Florianópolis. O presidente do tribunal e do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), Ricardo Roesler, lê a súmula da sessão neste momento.

COMO VOTARAM 

  • Desembargadora Cláudia Lambert – contra o impeachment
  • Desembargadora Rubens Schulz – contra o impeachment
  • Desembargador Sérgio Rizelo – contra o impeachment
  • Desembargador Carlos Alberto Civinski – contra o impeachment
  • Desembargador Luiz Felipe Siegert Schuch – a favor do impeachment
  • Deputado Kennedy Nunes – a favor do impeachment
  • Deputado Laércio Schuster (PSB) – contra o impeachment
  • Deputado Luiz Fernando Vampiro (MDB) – abstenção
  • Deputado Maurício Eskudlark (PL) – contra o impeachment
  • Deputado Sargento Lima (PSL) – a favor do impeachment

Mais informações você acompanha na programação da Rádio Chapecó FM 100.1. Com informações G1/SC

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here