A DPCAMI-Fron de Chapecó concluiu inquérito policial em que apurava denúncia de estupro de uma mulher de 28 anos.

Conforme registro feito pela pretensa vítima,  servidora pública de um pequeno município do Oeste de SC, ela havia sido coagida a manter relações sexuais com um colega de trabalho, quando passavam pela cidade de Chapecó.

Após interrogar o acusado, inquirir várias testemunhas e ter acesso a troca de mensagens entre o suposto criminoso e a denunciante, a Polícia Civil descobriu que eles mantinham um caso amoroso havia mais de ano,  com muitos encontros íntimos. Ao final,  ficou  evidenciada a falsa denúncia feita pela mulher,  que foi motivada pela descoberta pelo marido de sua relação extraconjugal.

O inquérito policial foi concluído com o indiciamento da pretensa vítima pelo crime de “Denunciação Caluniosa”, praticado contra a Administração da Justiça,  cuja pena prevista é de reclusão de 2 a 8 anos.

AS INFORMAÇÕES FORAM REPASSADAS PELA POLÍCIA CIVIL

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here