Na manhã desta quarta-feira (18), a Polícia Civil desencadeou a Operação “Célula Oeste” contra uma organização criminosa que age em São Miguel do Oeste e região. Foram realizadas 29 prisões.

A ação é decorrente de uma investigação da Divisão de Investigação Criminal (DICFron) de São Miguel do Oeste. Desde março deste ano são realizados trabalhos investigativos para identificar braços de uma organização criminosa que age no Estado.

A apuração identificou que há diversos criminosos que operam ligados a esta organização criminosa em São Miguel do Oeste, Belmonte e Guaraciaba, cidades contíguas a São Miguel. O bando agia principalmente no tráfico de drogas como maconha, cocaína, ecstasy e crack.

Na manhã desta quarta-feira, foram cumpridas ordens judiciais em que foram presos, até por volta das 9h, 29 alvos e foram executadas cerca de 40 ordens judiciais de busca e apreensão. “A investigação é voltada ao combate ao crime organizado”, destacou o Delegado de Polícia, coordenador da DIC, Dr. João Westphal.

A Operação foi denominada “Célula do Oeste” em virtude das investigações terem resultado na identificação de membros de organização criminosa que operava especificamente na região Extremo Oeste. Além destes membros, também foram identificados representantes do “alto escalão” da organização criminosa, com paradeiro em outra cidades do Estado de Santa Catarina e no Paraná.

PRISÕES EM SANTA CATARINA E PARANÁ

Houve prisões em São Miguel do Oeste, Guaraciaba, Belmonte, Chapecó, Joinville e no Paraná em Foz do Iguaçu e Verê, locais onde também foram apreendidos arma de fogo, drogas (maconha e cocaína), insumos para o tráfico de drogas e materiais que comprovam a existência da organização criminosa.

A operação, coordenada pela DIC de São Miguel do Oeste, contou com o apoio de todas as Unidades da Polícia Civil da 13ª DRP/Fron, além de equipes da Polícia Civil de São Lourenço do Oeste, Xanxerê, Chapecó, Palhoça e Joinville. Além disso prestaram apoio o SAER e a CORE da Polícia Civil de Santa Catarina, do DENARC da Polícia Civil do Estado do Paraná e CIOF (CENTRO INTEGRADO DE OPERAÇÕES  DE FRONTEIRA) do Ministério da Justiça, com sede em Foz do Iguaçu. As informações são do Sistema WH3 de São Miguel do Oeste.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here