A diretoria Casan anunciou R$ 20 milhões em investimentos emergenciais em Chapecó, nesta quarta-feira (18), em reunião com o prefeito eleito de Chapecó.

Durante a campanha eleitoral, João Rodrigues (PSD) cobrou investimentos emergenciais da estatal, como a perfuração de poços e dragagem da barragem do Engenho Braun, no Lajeado São José.

A presidente da Casan, Roberta Mass dos Anjos, e o superintendente regional, Daniel Scharf, apresentaram um cronograma de investimentos.

“Estamos ampliando a captação do Rio Tigre, em Guatambu, que era 200 litros por segundo, passamos para 300 e vamos chegar a 400 litros por segundo. Com o Lajeado São José estamos tratando 500 litros por segundo” disse Scharf. A demanda oscila de 530 a 560 litros por segundo neste período do ano. Atualmente 21 bairros estão em sistema de rodízio.

Para amenizar a situação a Casan vai reativar um poço no bairro São Pedro e perfurar mais três, nos bairros Boa Vista, Esplanada e Efapi. Também serão construídos três reservatórios nos bairros Paraíso, Esplanada e Efapi.

Outra medida solicitada pelo prefeito eleito, e que será atendida, é a dragagem do reservatório no Lajeado São José.

“A Casan também se comprometeu em iniciar em janeiro as obras de captação no Rio Chapecozinho”, destacou o prefeito eleito. Esse projeto custa quase R$ 200 milhões, terá uma adutora de 57 quilômetros, e 1,2 mil litros por segundo de água, o dobro do consumo de Chapecó. Vai abastecer também Xanxerê, Xaxim e Cordilheira Alta.

Cronograma da Casan

A Companhia informou que às 10h desta quinta-feira (18) será feito o anúncio oficial, na sede da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC). A entrevista coletiva terá a participação de diretores e engenheiros.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here