O Hospital Regional São Paulo (HRSP), de Xanxerê, ampliou em dois leitos a sua capacidade de atendimento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinada exclusivamente ao tratamento da Covid-19. Parte da ampliação ocorreu na tarde da segunda-feira (10), quando houve o incremento de um leito a UTI Covid-19, para oportunizar o tratamento de um paciente grave, sem condições de transferência. Já o outro leito será colocado em funcionamento amanhã, fazendo com que a instituição passe de 14 para 16 leitos de UTI.

Em documento, encaminhado ao secretário Estadual de Saúde, André Motta Ribeiro, a direção do HRSP informa que a ampliação de leitos reforçar o compromisso que o hospital possui com a sociedade e as autoridades de Saúde do Estado de Santa Catarina. No documento, a direção do HRSP explica ainda que nesta quarta-feira (12) será disponibilizado o 16º leito de UTI Covid para o Sistema Único de Saúde, sendo a capacidade máxima do hospital, em razão especialmente da dificuldade de contratação de profissionais qualificados na região.

O Hospital Regional São Paulo possui atualmente 528 funcionários celetistas e, neste momento, 42 (7,95%) profissionais estão afastados de suas funções por serem do grupo de risco ou por suspeitas e/ou confirmações do contagio pela Covid-19, prejudicando a rotina de atendimento e causando risco eminente de paralização de várias atividades. Há dificuldade para contratação na região de profissionais habilitados inclusive para assumirem as funções dos que estão afastados.

RELEMBRE AS AMPLIAÇÕES DE LEITOS JÁ OCORRIDAS:

Antes da pandemia, o HRSP já disponibilizava 20 leitos de UTI ao SUS, sendo 10 UTI Geral, 08 de UTI Neonatal e 02 UTI Pediátrica. Em março de 2020, com o avanço dos casos do novo coronavírus o HRSP mobilizou-se para a implantação dos primeiros 10 leitos de UTI Covid-19, que entraram em funcionamento a partir do dia primeiro de abril.

Os primeiros 10 leitos foram implantados totalmente com recursos (humanos e financeiros) e equipamentos próprios. Importante ressaltar que somente para os 30 leitos de UTIs até aquele momento, era necessária uma equipe de aproximadamente 150 profissionais especializados e qualificados para o atendimento aos pacientes.

No fim de abril, o HRSP disponibilizou também 15 leitos de Enfermaria exclusivos para o tratamento dos pacientes da Covid-19 que necessitam de internação hospitalar.

Em junho deste ano, o Governo do Estado encaminhou ao HRSP 10 respiradores e 10 monitores, mesmo depois da Secretaria de Estado da Saúde ser comunicada previamente da dificuldade do hospital em contratar profissionais e equipar com os demais aparelhos necessários para uma nova UTI Covid-19.

Mesmo assim, em junho, o hospital intensificou ainda mais o processo de divulgação das novas vagas de trabalho e o processo de seleção dos candidatos, sendo necessária a contratação de aproximadamente 50 profissionais.

No início de julho, o Ministério da Saúde habilitou novos leitos de UTI Covid-19, através da Portaria 1693, autorizando o HRSP a implantá-los. No dia 14 de julho, depois de remanejamento interno de funcionários, resultado do fechamento de oito leitos privados e de convênios com planos de saúde, o hospital ampliou sua capacidade de atendimento na UTI para 14 leitos.

E, atualmente, diante da necessidade, amplia novamente sua capacidade, totalizando 16 leitos exclusivos para a Covid-19.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here