As Polícias Civil e Militar de Chapecó deflagraram na manhã deste sábado (08) uma grande operação policial, que envolveu quase cem (100) policiais de ambas as instituições. A ação foi realizada com o apoio do SAER-Fron da Polícia Civil e dos cães farejadores (K9s) da Polícia Militar de Chapecó, além da Polícia Civil de São Lourenço do Oeste e Xanxerê.

A operação se destinou ao cumprimento simultâneo de dezesseis (16) mandados de busca e apreensão em diversos bairros de Chapecó e dois (02) mandados de prisão preventiva, decorrentes de representação da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Chapecó, após trabalho conjunto de aproximadamente dois meses com a Polícia Militar.

Além dos dois indivíduos com prisão preventiva já decretada, foi presa em flagrante uma mulher por tráfico de drogas durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão.

O trabalho conjunto começou a dar resultado quando, na tarde de 2 de julho de 2020, policiais militares flagraram a entrega de uma mala de viagem recheada com quase 30 quilos de maconha no bairro Paraíso, região Leste de Chapecó. Na ocasião, os policiais conseguiram capturar dois homens envolvidos no crime, os quais se encontram presos preventivamente e já respondem a processo criminal pelos delitos de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas.

Delegado Rodrigo Moura fala sobre a Operação deste sábado

As investigações realizadas pela Polícia Civil conseguiram demonstrar o envolvimento de dois outros envolvidos com o delito, um deles o responsável por entregar a mala com maconha para os flagrados momentos antes da ação policial e o outro o efetivo proprietário da droga, pessoa conhecida no meio policial e considerado um dos maiores traficantes de drogas da região. Ambos os traficantes estavam em cumprindo pena por crimes anteriores, em regime aberto.

O trabalho policial continuou e com apoios quase diários entre as instituições. Apenas dez (10) dias após foi realizada outra grande apreensão de droga ilícita em Chapecó. Na ocasião, no dia 12 de julho, policiais militares, com o apoio do SAER da Polícia Civil, conseguiram identificar e abordar um veículo GM/Ônix, que estava carregado com aproximadamente 140 quilos de maconha, em uma estrada rural nas proximidades do bairro Efapi. Naquela oportunidade foi preso um homem de 18 anos, que conduzia o automóvel, bem como apreendida uma adolescente de 16 anos, que o acompanhava. O rapaz já tinha extenso histórico de envolvimento com atos infracionais. Ele permanece preso.

As investigações já demonstravam que esse carregamento de 140 quilos de maconha pertencia e foi adquirido e transportado para Chapecó, pelo mesmo indivíduo responsável pela mala com 30 quilos de maconha, apreendida dias antes. Com a comprovação da situação, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva do líder da organização criminosa monitorada e de seu associado identificado, o que foi deferido pelo Poder Judiciário de Chapecó.

Os esforços das instituições policiais ainda resultou na identificação de diversas pessoas possivelmente envolvidas com os crimes praticados pelo grupo criminoso, o que motivou a expedição e cumprimento de 16 mandados de busca e apreensão neste sábado, o que resultou na apreensão de mais droga (cocaína e maconha) e dinheiro, bem como máquinas para o jogo do bicho.

Ao longo do caso foram apreendidos cinco veículos utilizados para a prática do tráfico de drogas: um Citröen/C3, um GM/Corsa, um GM/Ônix, um VW/Gol e um FIAT/Pálio. Todos permanecem sob custódia e provavelmente serão confiscados pela justiça ao final dos processos criminais.

O investigado considerado líder e principal articulador da organização criminosa tem passagens policiais por diversos delitos, desde tráfico de drogas até porte irregular de arma de fogo. Quase todas as pessoas investigadas têm histórico criminal.

Participaram da ação policial policiais de Chapecó, Coronel Freitas, São Carlos, Palmitos, Modelo, Xanxerê e São Lourenço do Oeste. Os presos serão encaminhados ao Presídio Regional de Chapecó e permanecerão à disposição da justiça.

(*) Com informações da Polícia Civil de Chapecó

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here