O prefeito Luciano Buligon entregou a Ordem de Serviço para o início das obras do Contorno Viário Extremo-Oeste. O documento foi entregue à Construtora Oliveira Ltda. vencedora de concorrência pública, com o valor de R$ 36.330.388,46.

A obra compreende a implementação e pavimentação de 11,4 quilômetros entre a BR 282 e SC-283, incluindo a execução, fornecimento de material e mão de obra. A administração municipal conta com convênio do Governo do Estado de Santa Catarina, de R$ 25 milhões, A complementação virá por meio de linhas de créditos abertas na Caixa Econômica Federal.

O trecho finaliza e complementa o Contorno Viário Oeste, inaugurado há seis anos, entre a Av. Attilio Fontana e a SC-480, na direção do Distrito de Marechal Bormann. Passa pelas comunidades de Linha Simonetto, Linha Sarapião, Linha Cascavel e Colônia Bacia, a Oeste do centro de Chapecó. Quando estiver concluída, cerca de 250 caminhões deixarão de passar diariamente pela área central da cidade.

O projeto prevê a construção de alças para retorno de caminhões e ônibus e trechos com terceira pista. Serão instalados dois trevos, um na SC-283, próximo à entrada do loteamento Vederti e outro na BR-282, proximidades do Condomínio Espelho das Águas. Os trevos darão maior fluidez ao trânsito, facilitarão o acesso à rodovia e diminuirão o risco de acidentes nos locais.

Com a ampliação da atividade agroindustrial na área Oeste, o novo Contorno permitirá que os caminhões saiam da SC-283 e cheguem à BR-282 sem precisar atravessar as avenidas Attilio Fontana e Leopoldo Sander e o acesso a Chapecó (BR-480), desviando o trânsito pesado. Além disso, facilitará o acesso de universitários de municípios da região que estudam em Chapecó.

 

Trata-se de via municipal, mas, o Governo do Estado aportará os R$ 25 milhões do projeto Novos Rumos, conforme o convênio assinado no início do ano. Na oportunidade, o governador Carlos Moisés da Silva, reiterou que a obra é de extrema importância na medida em que possibilita empresas interessadas em ampliar áreas de produção em Chapecó. A finalização do trecho contribuirá para dar escoamento logístico.

Já o Prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, além de destacar o impacto na redução do volume de tráfego de caminhões no centro da cidade, cita que as Cooperativas estão investindo R$ 1 bilhão e devem gerar empregos e renda para toda a região. “Precisamos dar uma contrapartida. Esta obra cumpre esse papel”, afirmou

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here