A Chapecoense concluiu, na última sexta-feira (05), a segunda semana de trabalhos no CT da Água Amarela após a retomada das atividades presenciais. Depois de direcionar os primeiros dias para a realização de treinos com ênfase na parte física e tática, o técnico Umberto Louzer pode trabalhar com os atletas, nos últimos dias, de forma mais setorizada.

“A gente fica feliz com a dedicação, com o engajamento, com o comprometimento dos atletas. É notória a evolução, então a nossa expectativa para a próxima semana e de que possamos avançar na evolução”. 

Além de elogiar o empenho dos jogadores, o comandante alviverde afirmou a importância de que todos eles assimilem as suas ideias para validar as estratégias de trabalho. “Particularmente, fico muito feliz porque desde que cheguei eles têm entendido o que a gente tem passado.

A evolução foi notória. Nós conseguimos resultados, eu estou cinco jogos a frente da Chapecoense – sendo quatro fora de casa – e nele a equipe fez oito gols, tinha feito somente dois. Sofremos um gol. Então, a equipe vinha evoluindo, a confiança estava vindo também, o time estava jogando mais leve. Falta alguns aspectos pra chegar naquele nível que a gente quer chegar. A interrupção acaba atrapalhando nesse ritmo de jogo, nessa confiança, mas vamos compensar nesse período de treinamento que nós temos – um período longo – para continuar esse processo evolutivo”

Ainda sobre o grupo, Louzer falou sobre os atletas Fernandinho e Willian Oliveira – que foram apresentados pela Chapecoense nos últimos dias – destacando as qualidades de ambos e a expectativa de que tenham vindo para agregar ao elenco.

CLIQUE AQUI PARA ACOMPANHAR MAIS NOTÍCIAS DA CHAPECOENSE 

“O Fernandinho vinha se destacando no Joinville. É um atleta que quando a gente foi enfrentá-los, por analisar o nosso adversário, pude ver três jogos do Fernandinho e ver que ele era o destaque do time – um atleta do qual tínhamos uma carência no grupo. (…) É um atleta que tem como característica a sua velocidade, tem uma boa finalização e um enfrentamento de um pra um muito interessante, principalmente quando você pega adversários com a marcação forte, com a linha baixa. O Willian é um atleta que chegou super bem fisicamente, já se adaptou, já conhece alguns atletas aqui dentro. Trabalhou comigo no Guarani fazendo uma excelente Série B. Já tem acesso no seu currículo… então, contamos bastante com a experiência dele, de conhecer a competição. Tenho certeza que eles vão agregar bastante”. 

Na quarta-feira (03), a Chapecoense realizou novos testes para o Covid-19 em todos os atletas. Agora, o clube aguarda os resultados para, então, definir as estratégias de trabalho das próximas semanas. “O clube retestou todo mundo e estamos aguardando os resultados para ver se temos a possibilidade de trabalhar da forma que estávamos habituados, com confrontos, com grupos maiores, essa é a nossa expectativa” finalizou.

Com informações: Chapecoense 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here