A Empresa JBS, unidade de Ipumirim, está paralisando as atividades nesta segunda-feira, dia 18, pelo período inicial de sete dias. Conforme informações da Rádio Belos FM, a decisão segue as normas da Secretaria de Saúde do Estado.

Durante as últimas semanas, integrantes do Ministério do Trabalho e auditores fiscais estiveram na empresa realizando avaliações, questionários e coletando dados.

Ainda não foram repassadas informações de como ficará a logística de entrega de ração para os produtores ou no abate quando os trabalhos forem restabelecidos. A unidade de Ipumirim possui atualmente 230 integrados. A informação também foi confirmada pelo Sintrial.

A paralisação da JBS de Ipumirim teria como foco a adoção de medidas preventivas em relação ao coronavírus.

CONFIRA A NOTA ENVIADA PELA JBS

“A JBS tem como objetivo prioritário a saúde dos seus colaboradores e adota um rígido protocolo de prevenção contra a Covid-19 em suas unidades. Essas medidas seguem as orientações dos órgãos de saúde e do Hospital Albert Einstein, além de especialistas médicos contratados pela empresa para apoiar na implantação de um protocolo robusto e necessário para proteção dos seus colaboradores.

Mediante os protocolos e medidas de prevenção já implantadas, a JBS reitera que suas operações seguem os mais elevados padrões de segurança para o setor frigorífico e refuta qualquer orientação em contrário bem como as medidas injustificáveis para suspensão das suas atividades, razão pela qual a empresa irá tomar as medidas judiciais cabíveis para retomada das suas operações em Ipumirim.

São 25 anos de história dessa unidade com a comunidade de Ipumirim e, somente nessa fábrica, a empresa emprega mais de 1400 pessoas. Diariamente, a unidade de Ipumirim processa 135 mil aves. Com a suspensão dessa operação, é inevitável que a cadeia de produção, incluindo os 240 produtores rurais da região, também tenha que suspender suas atividades, o que poderá trazer graves consequências no âmbito social, econômico, sanitário e de abastecimento à população. A interrupção das atividades na cidade promove um clima de instabilidade perante todos os colaboradores e comunidade que, de forma direta e indireta, se relaciona e depende do funcionamento da unidade.

Lamentamos profundamente toda essa insegurança e que não reflete a realidade das operações e das medidas implementadas na unidade em Ipumirim. Nossos esforços se somam ao enorme orgulho e confiança em tudo que fazemos e da relevância do nosso trabalho para levar o alimento às famílias do mundo inteiro, especialmente nesse momento tão delicado na vida de todos e em que o alimento é tão fundamental.”

Com informações Belos FM

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here