Nova atualização sobre o coronavírus foi divulgada na manhã desta quarta-feira (8) em Chapecó. Logo no início da entrevista, o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, informou que o município reeditou o decreto local e seguirá por completo a decisão do Governo do Estado de estender o isolamento social até domingo (12). Podem abrir as portas a partir de hoje, quarta-feira, os estabelecimentos que integram a cadeia produtiva automotiva, náutica, de implementos agrícolas e lavanderias, conforme anunciou à noite passada o governador Carlos Moises.

Luciano Buligon disse ainda que os serviços públicos da Prefeitura de Chapecó voltarão às atividades a partir da próxima segunda-feira (13). Nesta data, a tendência é que o Estado também libere a maior parte das atividades do comércio em geral.

NÚMEROS EM CHAPECÓ

  • Casos confirmados – 6 (Três pacientes recuperados e três em isolamento domiciliar)
  • Casos suspeitos – 9 (Todos em isolamento domiciliar)

Uma paciente de outro município está internada em Chapecó. Ela está em UTI e é o caso mais grave no momento. Segundo a médica infectologista Carine Kolling, apenas os casos com síndrome respiratória aguda, ou seja, os mais graves, estão sendo notificados.

O Ambulatório de Campanha, serviço oferecido de segunda a sexta-feira das 7h às 19h, atendeu 22 adultos no dia 7. O total até aqui é de 378 atendimentos desde o início da operação.

Já a triagem médica telefônica, pelo 2049-6500, recebeu 76 ligações na terça-feira (7). Desde a entrada em funcionamento, o teleatendimento recebeu 779 ligações. Esse serviço funciona das 7h às 22h.

VOLTA DO SERVIÇO PÚBLICO

A secretária de coordenação de governo e gestão, Fernanda Danielli, informou que os serviços públicos voltarão a atender ao público na próxima segunda-feira (13). As secretarias de Saúde e de Assistência Social, essenciais, não pararam. As outras secretarias retomarão os atendimentos no dia 13.

Segundo Danielli, serão 12 horas de expediente, das 7h às 19h. Isso se deve a necessidade de evitar aglomeração de pessoas e a distribuição de servidores, escalonando os trabalhos, também para evitar muitos funcionários em um mesmo ambiente. A ampliação do horário de atendimento serve ainda para atender a demanda reprimida no período de quarentena.

ASSISTÊNCIA SOCIAL

A secretária de assistência social, Ulda Baldissera, informou que nas últimas 24 horas foram entregues 140 cestas básicas para famílias necessitadas. O prefeito Luciano Buligon lembrou que muitos particulares fazem doações e entrega de donativos. Ele pediu que seja feito contato prévio com o município, pelo fone 3319-1201, para evitar duplicidade e assim atender o maior número possível de famílias carentes.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here