Com 22 dias completados de pausa nas atividades, o departamento de futebol da Chapecoense analisa com tranquilidade todas as ações para serem tomadas de momento e para o futuro. Passados 32 dias desde o anúncio oficial de sua chegada como coordenador de futebol, em período de quarentena, André Martins atua intensamente junto com Mano Dal Piva e Neto no planejamento para o retorno do trabalho.

Nesta terça-feira (7), via rede social, André respondeu às perguntas da imprensa. Um dos assuntos tratados foi de qual atividade vinha realizando no período de paralisação. “Tenho conversado bastante com a diretoria e comissão, estabelecendo e dentando organizar um planejamento para o retorno das atividades. Existe a possibilidade de fazermos uma mini pré-temporada, dependendo da data que a CBF estabelecer a volta e o início das competições”.

– Estamos acompanhando as novidades sobre possibilidade de inscrever novos atletas, se vai existir essa possibilidade. Pela incerteza de como tudo isso afetará o futebol ainda não podemos tratar do assunto de contratações. O momento agora é de estudar as possibilidades e aguardar.

Questionado sobre o planejamento, André destacou estudar o cenário. “Em relação ao mercado, está tudo parado e todo mundo esperando uma definição. Futebol não só no Brasil, mas mundialmente falando já está sendo afetado em relação a receitas, planejamento a curto, médio e longo prazo. A gente vai usando o tempo para diálogo e estudo de cenário”.

A pausa também afetou as negociações contratuais. André explica quais os cuidados tomados pelo departamento. “Neste momento está tudo parado, justamente por não sabermos o que pode e vai acontecer, em relação ao retorno do estadual e inicio da Série B. Nós juntamente com o departamento jurídico estamos estudando as medidas que serão tomadas sobre os contratos que se encerram no final do estadual”.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here