Depois de receber denúncias de que kits para teste rápido do coronavírus estavam sendo comercializados pelas redes sociais, a Polícia Civil de Xanxerê, em conjunto com a Vigilância Sanitária, desencadeou ação para cumprimento dos mandados em uma empresa e em uma residência do município. A ação ocorreu na manhã desta terça-feira, 31.

Segundo o delegado regional de Xanxerê, não houve apreensão de testes, mas a Polícia Civil instaurou inquérito policial e aprofundará as investigações para elucidação de eventual crime, bem como a identificação de todos os envolvidos.

Ressalta-se que os testes para diagnóstico do novo coronavírus não podem ser vendidos sem as devidas autorizações e registros junto à Anvisa e exigem interpretação por profissional habilitado.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here