A Administração Municipal de Chapecó, por meio da Secretaria de Saúde, a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) e a Unochapecó anunciaram nesta manhã (27), em entrevista coletiva na Prefeitura, um novo serviço médico no combate e enfrentamento ao COVID-19.

Trata-se do Serviço de Triagem Médica, uma espécie de consulta pelo telefone 2049-6500. Irá atuar no atendimento um grupo de cerca de 50 pessoas, entre médicos especialistas de diversas áreas, professores e estudantes dos cursos de Medicina.

LEIA MAIS: CDL Chapecó posterga mensalidades de março, abril e maio

A iniciativa partiu de um grupo de médicos de Chapecó. “Estudamos as manifestações clínicas e uma metodologia para preservar os grupos de risco do Coronavírus. Conversamos com as Universidades, que prontamente disponibilizaram acadêmicos e professores de Medicina, e criamos um serviço para orientar os fluxos na cidade, evitando aglomerações e deslocamentos às unidades de saúde e hospitais, sem necessidade”, explicou a médica do Hospital Regional do Oeste, Camila Cassol Brumm.

O serviço é destinado a pessoas doentes, com sintomas de gripe e respiratórios, como tosse, febre e dificuldade para respirar. Para receber o atendimento, o paciente poderá ligar para a Central do Serviço de Triagem Médica, em qualquer dia da semana, das 7h às 19hs. O número é o 2049-6500 e entrará em operação a partir das 12hs, desta sexta-feira (27-03).

COM FUNCIONARÁ O ATENDIMENTO

Via telefone, os profissionais da saúde receberão as queixas dos pacientes e, se necessário, orientarão sobre medicação, tratamento ou deslocamento a uma Unidade de Saúde ou Hospitalar. “A ferramenta ficou muito boa, a gente está feliz pois acreditamos que será um serviço de grande proveito para a população de Chapecó neste momento de enfrentamento ao Coronavírus”, complementou a Dra Camila.

Importante destacar que para dúvidas gerais relacionadas ao Coronavírus, o telefone à disposição é o 3321-0027, das 7h30 às 11h30 e das 13hs às 17hs.

O Prefeito de Chapecó, Luciano Buligon reforçou que o Município está seguindo todas as orientações técnicas da Organização Mundial da Saúde, Ministério da Saúde e da Secretaria do Estado da Saúde. “A solidariedade de todos os chapecoenses e, neste caso em especial, da classe médica, é louvável neste momento desafiador, que juntos, estamos enfrentando”, concluiu.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here