A Guarnição Reforçada da 3ªCia/2ºBPM/Fron fazia rondas pelo bairro Universitário, quando abordou um homem de 33 anos em frente a sua residência. Em revista pessoal, foi encontrada a quantia de R$ 190 e diversas folhas de cheques, as quais haviam sido subtraídas em um furto ocorrido durante a tarde do mesmo dia. Indagado sobre os demais objetos, ele informou que já teria vendido para um terceiro e que mostraria o local, se necessário.

Desta forma, a guarnição deslocou até a Rua Amizade, no Quedas do Palmital, onde foram abordados três indivíduos.

Um deles, homem de 20 anos, tinha um mandado de busca e apreensão ativo. Em busca pessoal foi localizado um telefone celular Motorola moto E preto e uma porção de maconha, que relatou ser para consumo próprio.

Com um adolescente de 17 anos foi localizado, no bolso do casaco, um pote com 53 pedras de substância semelhante ao crack e no bolso da bermuda uma quantia de R$ 301.

Fotos: PM Chapecó

Com outro adolescente de 17 anos nada de ilícito foi achado na busca pessoal. Já em buscas na residência, foi encontrado um telefone Motorola Moto G6 Play dourado, sendo que este foi reconhecido pela vítima do furto. Neste celular, estava uma foto dele (de 17 anos) portando uma arma de fogo. Indagado sobre a arma, confessou a posse e levou à outra residência, na Servidão Ana de Lima Gonzaga, onde mora com o seu irmão, que não estava no local naquele momento. Lá foi encontrado um revólver marca Detective inox calibre .32 com numeração suprimida, contendo seis munições intactas, balança de precisão e uma porção de crack de aproximadamente 30 gramas.

O Canil também foi acionado e, em buscas no lado de fora da casa, o cão de faro encontrou um invólucro plástico branco contento sete buchas de maconha, pesando 26,8 gramas.

Na primeira residência da ocorrência foram encontrados vários telefones celulares, que o suspeito não soube informar a procedência. Os adolescentes assumiram que estavam traficando no local.

Perguntado a respeito dos objetos oriundos do furto, um dos adolescentes de 17 anos assumiu a propriedade, dizendo que comprou o celular Motorola Moto G6 play dourado por R$ 100 de um indivíduo, sendo R$ 50 em dinheiro e o restante em pedras de crack.

Desta forma os envolvidos e os objetos foram entregues na Central de Plantão Policial (CPP) para os procedimentos cabíveis.

OS ENVOLVIDOS

  • Menor de 17 anos (passagens por vandalismo, tráfico de drogas, receptação e posse de drogas)
  • Menor de 17 anos (passagens por tráfico de drogas e posse de drogas)
  • Homem de 33 anos (passagens por lesão corporal, perturbação do trabalho/sossego, tráfico de drogas, ameaça, dano, furto e roubo);
  • Homem de 20 anos (passagens por receptação, ameaça, lesão corporal e posse de drogas)

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here