Novembro Azul é um movimento mundial que acontece durante o mês de novembro para reforçar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata. A doença é o segundo tipo de câncer mais comum entre os homens brasileiros e as maiores vítimas são pessoas a partir dos 50 anos, além de pessoas com presença da doença em parentes de primeiro grau, como pai, irmão ou filho.

O QUE É A PRÓSTATA

A próstata é uma glândula masculina que tem forma de uma noz e fica logo abaixo da bexiga e à frente do reto. O órgão envolve a porção inicial da uretra, tubo pelo qual a urina é eliminada da bexiga.

O QUE É CÂNCER DE PRÓSTATA?

Durante o funcionamento da próstata, algumas células podem se desenvolver e multiplicar de forma anormal, provocando o surgimento de um tumor. O câncer de próstata é o segundo mais incidente entre os homens no Brasil, apenas atrás do câncer de pele não melanoma.

SINTOMAS

A doença pode não apresentar (ou apresentar poucos) sintomas em sua fase inicial. Em alguns casos, os sinais são parecidos com os do crescimento benigno da próstata (dificuldade de urinar, necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite).

Na fase mais avançada, o paciente pode ter dores nos ossos, sintomas urinários ou, nos casos mais graves, infecção generalizada ou insuficiência renal.

A adoção de hábitos saudáveis, como uma boa alimentação e a prática regular de atividade física podem ser favoráveis e aumentar a sobrevida dos indivíduos. Há estudos indicando que o consumo de alimentos ricos em vitaminas como A, D e E, minerais como o selênio, e compostos bioativos como os carotenoides presentes em frutas e vegetais de cor alaranjada, vermelha ou amarela (tomate, cenoura), além das leguminosas (feijão, ervilha), são componentes da dieta que têm efeito protetor.

Nossa reportagem conversou com a enfermeira Micheli Bordignon, coordenadora de estratégia de saúde da família, que orienta sobre esses fatores de risco. OUÇA

E os casos de câncer de próstata em Chapecó? A enfermeira Micheli Bordignon nos conta.

A enfermeira coordenadora de estratégia de saúde da família em Chapecó, explica quais os encaminhamentos para diagnóstico e tratamento do câncer de próstata.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here