Chapecoense e São Paulo voltaram a se enfrentar na Arena Condá, na noite de sábado (2), pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. O último jogo em Chapecó ocorreu na rodada final do ano passado, quando o Verdão venceu e escapou do rebaixamento. Já no turno, no Morumbi, deu tricolor por quatro a zero. Em campo estava o jogador com o maior número de títulos no futebol mundial, Daniel Alves, com 40 conquistas no currículo.

O visitante abriu o placar logo cedo, aos 7 minutos. Daniel Alves cobrou falta da esquerda e Bruno Alves, de cabeça, mandou para as redes. O lance foi revisto e confirmado pela arbitragem. Após sofrer o gol, a Chapecoense acordou em campo.

No entanto, o time de Marquinhos Santos até tentava, mas não conseguia empatar. Aos 23 minutos, Antony partiu no contra-ataque e mandou para Vitor Bueno, que fez o segundo gol são-paulino. Também com revisão, o lance foi validado.

Foto: Márcio Cunha / ACF

O primeiro tempo encerrou com a vitória parcial do São Paulo por dois a zero. Mesmo não sendo muito corriqueiro, Marquinhos tirou Eduardo e colocou Elicarlos ainda no intervalo. O multicampeão Daniel Alves também ficou no vestiário. Juanfran entrou em seu lugar.

O tricolor jogava mais no contra-ataque e a Chapecoense buscava reverter o placar. Porém, o visitante ampliou aos 34 minutos. Antony marcou um golaço. A bola bateu no travessão e entrou. Isso que antes, aos 33’, Rafael Pereira concluiu de cabeça e Volpi fez extraordinária defesa.

O São Paulo ainda marcou mais um, mas não valeu, aos 40 minutos. A partida terminou mesmo com a vitória paulista por três a zero.

Ainda restam oito jogos até o fim do campeonato, ou seja, 24 pontos. O próximo Compromisso será diante do Bahia, fora de casa, na quarta-feira (6), às 21h30. O tricolor foi aos 52 pontos e se manteve na 4ª posição. A Chapecoense ficou nos 21 pontos, penúltima posição.

Chapecoense: 98)Tiepo 2)Eduardo (Elicarlos) 23)Douglas 33)Rafael Pereira 6)Bruno Pacheco 8)Márcio Araújo 88)Camilo 90)Roberto (Vinícius Locatelli) 29)Dalberto (Arthur Gomes) 77)Everaldo 19)Renato Técnico – Marquinhos Santos

São Paulo: 23)Tiago Volpi 10)Daniel Alves (Juanfran) 3)Bruno Alves 5)Arboleda 6)Reinaldo 8)Jucilei (Luan) 28)Tchê Tchê 26)Igor Gomes 39)Antony 21)Raniel 12)Vitor Bueno (Hernanes) Técnico – Fernando Diniz

Arbitragem: Anderson Daronco (Fifa), auxiliado por Rafael da Silva Alves (CBF) e Michael Stanislau (CBF) – Trio do RS. Quarto Árbitro: Evandro Tiago Bender(CBF/SC) / Analista de Campo: Marco Antônio Martins (CBF/SC) / Árbitro de Vídeo: Daniel Nobre Bins (CBF/RS) / Assistente de Vídeo 1: Jonathan Benkenstein Pinheiro (CBF/RS) / Assistente de Vídeo 2:        André da Silva Bitencourt (CBF/RS) / Observador de VAR: Claudio José de Oliveira Soares (CBF/RJ)

Cartões amarelos: Márcio Araújo, Renato (Chap); Tiago Volpi, Igor Gomes (S.Paulo)

Estádio: Arena Condá, em Chapecó

Horário: 21h (Sábado, dia 02/11/19)

Público: 9.533 torcedores

Renda: R$ 281.510

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here