O juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública da comarca de Chapecó, Rogério Carlos Demarchi, deferiu liminar em que suspende o concurso público realizado no município sob edital n. 001/2019, em julho deste ano.

A decisão é válida para o cargo de instrutor desportivo na modalidade de tênis de mesa. Uma candidata impetrou mandado de segurança questionando a forma de cálculo da nota de corte aplicada no certame.

LEIA MAIS: Santa Catarina passa a emitir novo modelo de carteira de identidade

​A motivação da concorrente foi a modificação do cálculo da nota de corte, o que alterou a classificação, além de questões com respostas equivocadas no gabarito. Desta forma, a banca examinadora realizou um reprocessamento das notas e resultados, fazendo com que a candidata fosse reprovada no concurso.

O magistrado determinou ainda o prosseguimento do certame quanto aos demais cargos concorridos (Autos n. 5003414-57.2019.8.24.0018).​

Com informações: Núcleo de Comunicação Institucional/Comarca de Chapecó

A prefeitura se manifestou por nota. LEIA

Mandado de Segurança (Concurso Público)

Decisão judicial delimitou a suspensão do Concurso Público 001/2019 apenas em relação ao cargo em disputa – Instrutor Desportivo na Modalidade de Tênis de Mesa; para os demais cargos, o certame prossegue normalmente, sem quaisquer prejuízos.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here