Cebola, alface e cenoura são os principais produtos que respondem pela queda no custo do cesto de 57 produtos básicos em Chapecó neste mês. Em contrapartida, ocorreram aumentos significativos nos valores do extrato de tomate, óleo de soja e farinha de milho. Com essas principais variações, o cesto registrou queda de 4,09% no custo, conforme levantamento mensal feito pelo curso de Ciências Econômicas da Unochapecó, em parceria com o Sindicato do Comércio da Região de Chapecó, por meio do Sicom Pesquisas.

O levantamento quanto à cesta de 13 produtos básicos também apresenta redução, de 5,18%. O valor passou de R$ 320,20 no mês passado para R$ 303,60, o que representa a diferença de R$ 16,60.

LEIA MAIS: Polícia Civil de Chapecó prende autor de homicídio

As três maiores reduções de valor, em decorrência da maior oferta, foram de 29,23% na cebola, de 26,91 na alface e de 25,19% na cenoura. Nas três principais elevações, devido ao aumento da demanda quanto à matéria-prima, no extrato de tomate foi de 20,47%, no óleo de soja em 10,66% e na farinha de milho em 10,47%.

Neste ano, os produtos com maiores altas são a cebola, em 163,24%, e a batata inglesa, em 109,48%. Já as maiores diminuições de preços ocorreram na laranja suco, em 45,52%, e no tomate comum, em 40,93%.

A pesquisa de preços foi efetivada nos últimos dias 01 e 02 em 10 estabelecimentos supermercadistas da cidade. Conforme o levantamento, o valor do cesto ficou em R$ 1.322,14 ante em R$ 1.378,49, com diferença de R$ 56,35.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here