O homem que é acusado pelo homicídio de Everton Gomes em 2016 foi condenado a 30 anos e 4 meses de cadeia nesta terça-feira. O julgamento aconteceu no Fórum de Concórdia, na terça-feira (8), e encerrou por volta das 16h. A pena deverá ser cumprida em regime inicial fechado. As informações são da Rádio Atual.

O caso envolve ainda a tentativa de homicídio contra Lauri Gonçalves de Cândido na Rua Marcelino Ramos. Um segundo réu no processo já foi condenado a 24 anos de cadeia em julgamento realizado no ano de 2017.

LEIA MAIS: Torcedora é condenada por invadir quadra para injuriar e ameaçar árbitro

O réu que foi julgado hoje havia recorrido da sentença de pronúncia pedindo o afastamento das qualificadoras e a desclassificação do crime de homicídio para o delito de lesões corporais.

No entanto, os desembargadores entenderam que a sentença de pronúncia deve ser mantida e por esse motivo negaram o recurso. A vítima foi morta depois que tentou separar uma briga em um bar. Ele foi golpeado com uma faca e não resistiu aos ferimentos.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here