O começo da noite de quarta-feira (2) era de chuva em Chapecó, o que dificultava a chegada do torcedor ao estádio, além do horário que não colaborava para deixar o trabalho e ir torcer em mais uma rodada do Brasileirão. Era também noite de estreia, em casa, do técnico Marquinhos Santos, que só havia treinado o time fora, em Porto Alegre e Curitiba.

Chapecoense e Corinthians iniciaram a partida às 19h15. O time da casa não começou bem, mas foi se soltando aos poucos. Everaldo, aos 27 minutos, quase pegou Cássio desprevenido. Adiantado, o goleiro ainda conseguiu mandar para escanteio.

O visitante já não assustava tanto e o Verdão ainda pecava nas conclusões. O gramado molhado era um perigo. O primeiro tempo terminou empatado por zero a zero, mas com muitos escanteios, seis para o Verdão e quatro para o time paulista.

Marquinhos não modificou a equipe no intervalo. Já Carille tirou Junior Urso e colocou Sornoza. A Chape estava melhor em campo e isso animava mais o torcedor nas arquibancadas.

Aos 14 minutos, Everaldo por pouco não alcançou, de cabeça, após cruzamento da direita. Fagner cortou. Apesar da pressão, foi o Corinthians que marcou, aos 17 minutos. Clayson cobrou escanteio e Danilo Avelar fez de cabeça.

Na metade do segundo tempo, duas alterações: saíram Amaral e Arthur Gomes, entraram Régis e Renato Kayzer. Camilo, que de novo não jogava bem, permanecia no gramado. Logo após as substituições, Cássio fez duas grandes defesas, em conclusões de Kayzer e Camilo.

Camilo só deixou o campo aos 33 minutos finais, entrando Vinícius Locatelli. O jogo era aberto, porém a equipe de Chapecó não conseguia finalizar e empatar. A Associação Chapecoense melhorou em relação a ela própria, mas foi derrotada novamente. Final: Chape 0x1 Corinthians.

Bruno Pacheco e Everaldo levaram o terceiro amarelo e estão fora da próxima partida. Domingo, 11h, tem Chape x Flamengo, na Arena Condá, pela 23ª rodada da Série A.

Chapecoense: 98)Tiepo 2)Eduardo 23)Douglas 33)Rafael Pereira 90)Roberto 55)Amaral (Régis) 8)Márcio Araújo 6)Bruno Pacheco 88)Camilo (Vinícius Locatelli) 27)Arthur Gomes (Renato Kayzer) 77)Everaldo Técnico – Marquinhos Santos

Corinthians: 12)Cássio 23)Fagner 26)Gil 4)Manoel 35)Danilo Avelar 15)Ralf 11)Junior Urso (Sornoza) 38)Pedrinho (Gustavo) 22)Mateus Vital 25)Clayton 9)Vagner Love (Janderson) Técnico – Fábio Carille

Arbitragem: Daniel Nobre Bins, auxiliado por Lucio Beiersdorf Flor e André da Silva Bitencourt – Trio CBF/RS. Quarto Árbitro: Fernando Henrique de Medeiros Miranda         (CBF/SC) / Analista de Campo: Fernando Lopes (CBF/SC) / Árbitro de Vídeo: Rodrigo Nunes de As (CBF/RJ) / Assistente de Vídeo 1: Grazianni Maciel Rocha (CBF/RJ) / Assistente de Árbitro de Vídeo 2: Michael Stanislau (CBF/RS) / Observador de VAR: José Antônio Chaves Franco Filho   (CBF/RS)

Cartões amarelos: Vagner Love, Fagner (Cor); Amaral, Bruno Pacheco-3º, Eduardo-3º (Chap)

Estádio: Arena Condá, em Chapecó

Horário: 19h15 (Quarta-feira, dia 02/10/19)

Público: 5.036

Renda: R$ 164.367,50

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here