Um grave acidente de trânsito foi registrado no final da tarde de domingo (22) em Chapecó. Foi no prolongamento da avenida Getúlio Vargas, nas proximidades do Shopping.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a colisão envolveu uma Nissan/Kicks que era conduzida por um homem de 36 anos, uma Vw/Nova Saveiro conduzida por um homem de 44 anos e um Peugeot/308.

Foto: Ouvintes Rádio Chapecó

De acordo com as informações divulgadas pela PM, o condutor do último veículo não permaneceu no local e, através das informações levantadas e depoimentos colhidos, foi possível verificar que o causador foi o condutor do Peugeot Branco, que se deslocava em alta velocidade pela avenida Getúlio Vargas, sentido norte-sul, e colidiu na traseira do veículo Saveiro, que deslocava no mesmo sentido, arremessando-o contra o Nissan/Kicks que aguardava no canteiro central.

A saveiro capotou no local. Seu condutor e mais três ocupantes, sendo sua esposa e duas crianças (segundo populares) foram conduzidos ao Hospital para atendimento médico, por um conhecido que passava no local.

Segundo populares e um dos envolvidos, o condutor do veículo causador do acidente teria se evadido do local por estar com sintomas de embriaguez.

Foto: PM

Alguns minutos depois, um homem de 29 anos se apresentou dizendo ser o proprietário do Peugeot, informando que havia emprestado o carro para um amigo. Algumas pessoas que presenciaram o acidente teriam tirado fotos dos ocupantes do Peugeot e enviado ao condutor do Nissan/Kicks, que repassou para a guarnição e relatou suspeitar que este homem de 29 anos que se apresentou como proprietário e outro homem, de 25 anos, que estava próximo ao local, estavam dentro do carro na hora do acidente, fato este negado por ambos.

Todos os três veículos foram removidos por guinchos particulares, conforme imagens da câmera policial. Após liberar os veículos, a guarnição deslocou até o hospital, onde foi informado que o condutor da Saveiro e seus familiares já haviam sido liberados sem lesões graves.

Apesar das suspeitas, nenhum dos envolvidos ou pessoas presentes no local puderam afirmar com clareza quem era o condutor do veículo Peugeot, afim de responsabiliza-lo pelos crimes cometidos. No entanto, todos os dados, fotos e informações foram devidamente colhidos e anexados ao boletim e encaminhados para a Polícia Judiciária.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here