O Governo de Santa Catarina economizou R$14 milhões em impressões, transporte de documentos e papel. A economia foi gerada desde que toda tramitação de processos passou a ser exclusivamente digital, via Sistema de Gestão de Processos Eletrônicos (SGP-e), em 2 de abril.

Outro resultado positivo é a preservação do meio ambiente. O Governo Sem Papel garantiu, nesse mesmo período, a preservação de 276 árvores, que seriam usadas caso as mais de duas milhões de páginas de papel fossem fisicamente utilizadas.

LEIA MAIS: Polícia Civil elucida homicídio de Alceni de Almeida

O acompanhamento do progresso do Governo sem Papel pode ser feito pelo site da Secretaria de Estado da Administração.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here