Uma queda de elevador, na manhã de quarta-feira (14), deixou duas pessoas feridas, em Chapecó. A reportagem da Rádio Chapecó procurou mais informações sobre esse tipo de equipamento.

O Engenheiro Mecânico Leonardo Vaccari Menta, da empresa Elevtec, respondeu a algumas perguntas feitas por nossa reportagem, alertando e explicando sobre manutenção e funcionamento de elevadores – dos mais variados modelos, tão importantes nos nossos dias.

COMO FUNCIONA A MANUTENÇÃO DE ELEVADORES?

“Existem dois tipos de manutenção Preventiva e Corretiva:

Preventiva: Consiste na manutenção realizada periodicamente, efetuando a limpeza de componentes, lubrificação do sistema mecânico e checagem das peças, a fim de encontrar condições que possam apresentar riscos, ou ocasionar futuras falhas;

Corretiva: Uma vez que o elevador entrou em pane, seja por problemas mecânicos, elétricos ou por eventuais acidentes, a manutenção é realizada a fim de disponibilizar o serviço para a utilização dos usuários, nas mais perfeitas condições o mais rápido possível.”

A CADA QUANTO TEMPO ELA É FEITA?

“A manutenção preventiva é realizada mensalmente conforme prevê a norma, e a corretiva sempre que o elevador sofre pane ou uma intercorrência momentânea.“

EXISTE DIFERENÇA DE MANUTENÇÃO PELO TAMANHO DO ELEVADOR?

“Não, a manutenção como prevista nas normas de segurança deve ser feita mensalmente indiferente do tamanho e seu tempo de uso ou idade de fabricação.”

EM QUE CASOS O ELEVADOR É INTERDITADO?

“Toda vez em que o mesmo tenha componentes básicos de segurança comprometido, ele não estejam atendendo os padrões exigidos pelas normas especificas de elevadores, ou até mesmo não esteja tendo a manutenção mensal sendo realizada.”

QUAL A IMPORTÂNCIA DA MANUTENÇÃO ESTAR EM DIA?

“Tentar garantir que o equipamento não sofra nenhum tipo de falha mais grave e inesperada, garantindo a segurança de seus usuários e também mantimento do patrimônio sempre em boas condições de uso e físicos.”

O QUE É RECOMENDADO SER FEITO QUANDO ALGUÉM FICA PRESO EM UM ELEVADOR?

“Primeiramente devemos informar que muitas vezes, os condôminos tentam ajudar na retirada da pessoa, porém isso é um risco, pois desconhecendo a causada pane, a pessoa pode mexer em algo que não deve e causar um acidente ainda mais grave, o correto em caso de pessoa presa no elevador é comunicar a administradora ou o Sindico para imediatamente contatar a empresa de manutenção se desloque até o local para medidas cabíveis e com segurança.” 

EM CASOS COMO O DA ÚLTIMA QUARTA-FEIRA, ONDE HOUVE QUEDA, O QUE DEVE SER FEITO?

“Em primeiro momento interditar o equipamento, para que seja feita a perícia e analise da real causa da queda do equipamento feito por profissionais habilitados e capacitados.”

ESSES FATOS PODEM ACONTECER PELA FALTA DA MANUTENÇÃO?

“Não podemos afirmar neste caso em especifico se esta foi a causa, porém com certeza, sem realizar a manutenção preventiva do equipamento você está assumindo o risco prematuro de uma falha inesperada.”

QUAIS SÃO AS DICAS PARA QUEM USA ELEVADORES FREQUENTEMENTE E PARA QUEM TEM O EQUIPAMENTO EM SUAS EMPRESAS OU EDIFÍCIOS RESIDENCIAIS?

“Para quem utiliza primeiramente sempre certificar-se que o equipamento esteja no pavimento, sempre visualizar se o equipamento esta vistoriado por uma empresa especializada (este sempre tem uma indicação de quando o elevador foi vistoriado pela última vez, não tenha nenhuma falha “curto circuito” elétrica. E para quem tem empresa, ou seja, proprietário do elevador, contrate uma empresa para que seja feita esta manutenção e acompanhamento por profissionais habilitados e sempre seguindo as normas regulamentadoras.”

Leonardo Vaccari Menta é Engenheiro Mecânico (CREA/SC 103.563-3)

É muito importante que os proprietários de prédios ou locais que contenham esses equipamentos mantenham a manutenção em dia, para que não ocorram acidentes que possam colocar a vida dos usuários em risco.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here