No mês em que completa 102 anos de emancipação, o Município celebra o resultado da união e do trabalho. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) ligado ao Ministério da Economia mostram que no primeiro semestre deste ano, entre os Municípios com mais 100 mil habitantes, Chapecó ficou em 2º lugar no ranking das cidades que mais geraram emprego no Estado.

O crescimento relativo foi de 0,56% em São José, cidade que garantiu a 1ª colocação, enquanto Chapecó obteve 0,47% de aumento no número de vagas no acumulado entre janeiro e junho.

Outro dado importante a ser observado é o saldo positivo de vagas de trabalho, entre as admissões e demissões. Neste caso, Chapecó ficou em 3º lugar em Santa Catarina, atrás de São José (1º) e Joinville (2º). No mês de junho, foram contratadas 3.171 pessoas, sendo 2.810 desligadas, um saldo positivo de 361 vagas mantidas no mercado de trabalho.

LEIA MAIS: Você conhece a SOCO Chapecó?

Para o Prefeito Luciano Buligon, o detalhamento dos dados mostra que Chapecó segue sua vocação econômica e social como uma das principais cidades do Estado geradora de oportunidades. Contudo, os bons números não devem servir para acomodação, pois existem desafios a ser enfrentados.

Foto: PMC

Entre os setores que mantiveram o maior número de empregados em junho, destaque para a indústria com 395 vagas, seguido dos serviços com 113 postos mantidos.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here