O domingo era de tempo bom e temperatura agradável, após dias de muito frio. Com céu azul e 22ºC, a Chapecoense entrou em campo para enfrentar o Corinthians, na busca pela primeira vitória desde a pausa para a Copa do Mundo e sobre o adversário, que em Chapecó sempre se deu melhor. Em todas as partidas na Arena Condá, o time paulista venceu.

Guto Ferreira estreava no comando da equipe, após o retorno a Chapecó e a demissão de Gilson Kleina no começo da semana. O ambiente era outro, tanto que Guto, ao entrar no gramado e se dirigir ao banco de reservas pediu o apoio do torcedor gesticulando e agradecendo a presença do público na Arena.

Foto: Sirli Freitas/ACF

O enredo, no entanto, parecia o mesmo de outras vezes. Aos cinco minutos, ou seja, logo no começo de jogo, a Chapecoense já perdia por um a zero. Roger concluiu de cabeça e Jandrei fez grande defesa. Na sobra, Marquinhos Gabriel abriu o placar.

A Chapecoense estava nervosa, principalmente na defesa. O torcedor também, pois desde a 11ª rodada não sabia o que era comemorar uma vitória. O visitante assustava e Jandrei salvava. O time do estreante Guto Ferreira mostrava muita insegurança. Aos 38’, Barreto foi expulso do banco de reservas, por reclamação. O um a zero saiu até barato na primeira etapa.

No intervalo, Guto tirou Victor Andrade e colocou Bruno Silva. E o Verdão voltou melhor para o tempo complementar. O jovem jogador incendiou a partida. Outro a entrar foi Doffo, na vaga de Yann.

Foto: Sirli Freitas/ACF

Um lance polêmico aconteceu aos 20 minutos, quando Cássio pegou a bola fora da área com as mãos e o árbitro deu cartão amarelo. Torcida e jogadores da Chape pediam o vermelho, pois era lance de gol.

E o gol de empate ocorreu logo na sequência, aos 25 minutos. O estreante Diego Torres cobrou falta e fez um golaço.  Ele mandou a bola no canto esquerdo do amarelado Cássio. No minuto seguinte, o artilheiro deu lugar a Canteros. Só dava Chapecoense no segundo tempo.

Apesar da superioridade, ainda faltava o toque final, o detalhe nas conclusões. A Chape pressionava, mas o gol não acontecia. O time paulista também passou a assustar. E o melhor estava guardado para o final: Márcio Araújo chutou, Cássio defendeu e Doffo pegou o rebote, virando o jogo já nos acréscimos.

Foi a primeira vitória da Chapecoense sobre o Corinthians na história. Tabu quebrado. Na quarta-feira (15) tem mais Chape x Corinthians, desta vez pela Copa do Brasil.

Chapecoense: 93)Jandrei 2)Eduardo 3)Rafael Thyere 23)Douglas 6)Bruno Pacheco 15)Márcio Araújo 55)Amaral 25)Yann (Doffo) 72)Diego Torres (Canteros) 11)Victor Andrade (Bruno Silva) 90)Leandro Pereira Técnico – Guto Ferreira

Corinthians: 12)Cássio 2)Mantuan 14)Léo Santos 13)Marllon 33)Carlos Augusto 5)Gabriel 16)Angelo Araos 22)Mateus Vital 31)Marquinhos Gabriel (Ralf) 25)Clayson (Pedrinho) 9)Roger (Emerson Sheik) Técnico – Osmar Loss

Arbitragem: Grazianni Maciel Rocha, auxiliado por João Luiz Coelho de Albuquerque e Thiago Henrique Neto Correa Farinha. Trio CBF/RJ. Quarto Árbitro – Daniel de Oliveira Alves Pereira / Árbitro Assistente Adicional 1 – Rafael Martins de Sá / Árbitro Assistente Adicional 2 – Daniel de Sousa Macedo

Cartões amarelos: Cássio (Cor); Leandro Pereira (Chap)

Estádio: Arena Condá

Horário: 16h (Domingo, dia 12/08/18)

Público: 10.070

Renda: R$ 324.005,00

ANÚNCIOS

O presidente da Chape, Plínio Davis de Nes Filho, anunciou que André Figueiredo será o novo diretor-executivo de Futebol. André Luiz da Silva Figueiredo vem de Minas Gerais. O novo treinador de goleiros da Chapecoense, Wlamir Machado, já assistiu a partida deste domingo na Arena. Ele integrou a equipe da Chape em 1987.

QUEM É?

André construiu a sua carreia como dirigente no Clube Atlético Mineiro, onde iniciou, em 2004, como Coordenador do Departamento de Observação. Entre 2005 e 2008 foi Gerente Geral do Departamento de Base; entre 2008 e 2009 como Auxiliar Técnico da Equipe profissional; entre 2009 e 2014, novamente, como Gerente Geral da Base; entre 2014 e 2017 como Diretor de Futebol da Base e, por fim, como Superintendente de Futebol Profissional.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here