Chape é absolvida no STJD

Julgamento aconteceu na tarde desta segunda-feira.

0

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) absolveu a Associação Chapecoense de Futebol na tarde desta segunda-feira (12). Havia o risco de perda de até 10 mandos de campo e multa que poderia chegar a R$ 100 mil, devido aos incidentes na partida frente ao Cruzeiro, dia 1 de junho, na Arena Condá.

Fotos: Internet/Reprodução

Dentre os fatos relatados em súmula pelo árbitro da partida, estava a agressão sofrida pelo 4º árbitro, que foi atingido por um objetivo arremessado da arquibancada. Na súmula constava pedra. O clube diz que foi uma pilha. Sendo que o autor foi identificado e apresentado pela Chapecoense deppis da partida.

Outros julgamentos

O técnico Vagner Mancini foi absolvido de possível suspensão. Victor Ramos um jogo de suspensão e Reinaldo dois jogos. Os dirigentes João Carlos Maringá e Rui Costa foram punidos com 15 dias de suspensão.

Pelo Cruzeiro, o técnico Mano Menezes foi advertido e o atleta Diogo Barbosa absolvido.

A direção da Chape busca efeito suspensivo para poder contar com os jogadores neste meio de semana, contra o Vasco da Gama, pela sétima rodada da Série A. As expulsões ocorreram na Copa do Brasil, mas como o time está eliminado da próxima fase as punições devem ser cumpridas em oura competição organizada pela CBF, no caso o Brasileirão.

Elogios

A Chapecoense foi elogiada no tribunal pela rapidez com que fez a identificação e os encaminhamentos legais no caso da agressão do 4º árbitro. Contribuíram para o sucesso ação o esquema organizado para as partidas na Arena Condá, como o sistema vídeo monitoramento.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here