História

História

Campanhas promovidas pela Emissora

Fatos e Curiosidades

60 Anos




Pioneira na região oeste de Santa Catarina, em 1948 a cidade de Chapecó recebe a sua primeira emissora, a Rádio Sociedade Oeste Catarinense Ltda. Foi a 16ª a ser instalada no estado. O surgimento da emissora é assim narrado por Ricardo Medeiros e Lúcia Helena Vieira:

"Constituída em 13 de abril de 1948, a Rádio Chapecó só foi registrada na Junta Comercial em 19 de agosto do mesmo ano, tendo como sócios fundadores Vicente de Paula Cunha, Jacinto Manoel da Cunha, Protógenes Vieira, Raul José de Campos e Serafim Eno Bertaso. A autorização para instalação da emissora veio pela Portaria nº 867, assinada em 11 de outubro de 1948, com publicação no Diário Oficial da União na semana seguinte".

Dava-se assim o início de uma nova era na região oeste catarinense, a era da radiodifusão. A instalação de uma emissora de rádio na cidade de Chapecó possibilitou à população local o contato com as notícias e fatos que ocorriam em nível nacional e local. O início das operações deu-se em 23 de outubro de 1948, com potência inicial de 100 Watts, prefixo ZYX-5 e freqüência de 1.550 kHz. Em 21 de setembro de 1950, pela portaria nº 901, a emissora passou para 250 Watts. Sete anos depois, a Rádio Chapecó já funcionava com um transmissor Telefunken de 1000 Watts, conforme decreto nº 42.739, ainda em posse da emissora. A autorização para nova mudança de freqüência, dessa vez para 1.340 kHz, foi concedida em 9 de setembro de 1959.

Com as transformações urbano estruturais que aconteciam na cidade de Chapecó, no início dos anos de 1950, o surto "desenvolvimentista" possibilitou a construção de novos valores, novas demandas, o que não desviaram a Rádio Chapecó da vocação especial pela cobertura jornalística, com ênfase aos programas esportivos. O radioteatro foi deixado de lado, por falta de produção adequada. Campanhas para a alfabetização de adultos, o asfaltamento da BR-282 e a implantação de cursos superiores na cidade consagraram a emissora, que respaldava a voz da comunidade chapecoense.

Entre os profissionais que atuaram na Rádio Chapecó estão Nilo Nidgar Vink, Antônio Machado, Ivanor Vanzim, Nélson Brasil, Ivo Patussi, Antônio Ibrahim Simão, Rogério Vink, Seno Moesch, Celso Nunes Moura, Amílton Martins Lisboa, Welcy D'Avila Canals, Arlindo Sander, Romeu Roque Hartmann e Paulo Antônio Bohner.

Como patrocinadores, acompanharam a história da radiodifusora as empresas Bertaso Pasqualli S/A, Frigorífico Marafon, Frigorífico Chapecó, Força e Luz de Chapecó S/A, Irmãos Sperandio S/A, Morandini de Marco S/A, Casa do Povo, Cooperativa Madeireira Alto Uruguai Ltda, Dorval Cansiam e Irmãos, Casas Vitória, Automóveis e Máquinas S/A, Moinho Santo Antônio, Clínica Nossa Senhora de Lourdes.

Em 4 de novembro de 1969 houve a transferência dos estúdios da Avenida Getúlio Vargas, 791, para rua Marechal Floriano Peixoto, 161, edifício Francisco Norberto Bohner, onde funciona até hoje, conforme depoimento de Amilton Martins, em oito de maio de 1999. (Fonte: http://www.sulradio.com.br/destaques/destaque_9876.asp em 22/12/08).

Abaixo os fatos que marcaram a história da Rádio Chapecó:

12 de Abril de 1948

Constituição da Sociedade.
 

19 de Agosto de 1948

Registro do Contrato Social na Junta Comercial do Estado de Santa Catarina.
 

11 de Outubro de 1948

A portaria 867 da Comissão Técnica de Radiodifusão (Dentel/Anatel) autoriza o funcionamento da primeira emissora do Oeste Catarinense.
 

19 de Outubro de 1948

Publicação no Diário Oficial da União autorizando a instalação.
 

23 de Outubro de 1948

Fundação da Rádio Chapecó e início das operações.
 

21 de Setembro de 1950

A portaria nº 901 autoriza o aumento de potência para 250 Watts.
 

Novembro de 1953

Adquirindo a maioria das quotas capital, Francisco Norberto Bohner assume a direção geral.
 

04 de Dezembro de 1957

O decreto 42.739 autoriza o aumento de potência para 1000 Watts através da aquisição de novo transmissor.
 

09 de Setembro de 1959

A portaria 391 autoriza a mudança de freqüência de 1550 para 1540 kHz.
 

04 de Novembro de 1969

Mudança dos estúdios da Avenida Getúlio Vargas,nº 791 para o atual endereço, na Rua Marechal Floriano Peixoto 161-0.
 

04 de Novembro de 1971

Mudança de prefixo para ZYH-234.
 

24 de março de 1972

Um acidente automibilístico tira a vida de Francisco Norberto Bohner. A partir desta data assume a direção geral José Francisco Müller Bohner.
 

04 de Novembro de 1974

O decreto 74.996, autoriza o aumentou de potência 5000Watts, com necessidade de novo transmissor.
 

Setembro de 1975

Conforme Plano Nacional de Telecomunicações, houve alteração de freqüência e prefixo: ZYJ-749, 1330 kHz com 5000 Watts de potência.
 

2005

Aumento de potência de 5000Watts para 10000Watts. Instalação de um moderno transmissor transistorizado.
 

Fevereiro de 2007

Criação do site www.radiochapeco.com.br na rede mundial de computadores, com geração de áudio via internet em tempo real.
 

Participe Ao Vivo »

Envie sua mensagem para o comunicador online ou para um programa de sua escolha.

 
 

INFOWAYSI