A última partida da Chapecoense antes da pausa para a Copa América foi dentro da Arena Condá, na noite de quinta-feira (13). O adversário era o Fluminense, de campanha muito parecida. Ambas as equipes querendo ficar fora do Z-4 pelos próximos 30 dias.

E partida não poderia começar melhor. Aos dois minutos e meio o goleador Everaldo aproveitou cruzamento de Camilo e, de cabeça, abriu o marcador. Ouça a narração de Herter Antunes:

 

O Verdão era melhor e conseguia se impor dentro das quatro linhas. Isso até a metade do primeiro tempo, pois a partir dos 25 minutos o time carioca é que atacava e a Chape que ficava mais recuada. Tanto que João Pedro marcou aos 33 minutos, mas o árbitro anulou.

O primeiro tempo terminou com a vitória parcial da Associação Chapecoense, por um a zero. Ney Franco não mexeu no intervalo, mas Fernando Diniz tirou Igor Julião e colocou Mascarenhas.

Aos seis minutos o VAR entrou em ação. Douglas tirou a bola de João Pedro, mas o Fluminense reclamou penalidade máxima, confirmada após auxílio do árbitro de vídeo. Paulo Henrique Ganso cobrou e fez, aos 11’, empatando o jogo. Na sequência, Gustavo Campanharo deu lugar para Aylon. O empate, a essa altura, não interessava ao Verdão, devido a vitória do Vasco na rodada.

Atacando mais que o adversário, o Fluminense jogava melhor. No último minuto do tempo regulamentar, Allan levou o segundo cartão amarelo e deixou o Flu com um a menos em campo.

O árbitro deu sete minutos de acréscimos, mas a Chapecoense não conseguiu a vitória. Com o empate (1×1) a equipe de Chapecó fechou a nona rodada na 17ª posição, abrindo a Zona de Rebaixamento. E é no Z-4 que o Verdão vai ficar por 30 dias, até o fim da Copa América. O próximo adversário será o Atlético Mineiro, de novo na Arena, em Chapecó, após o torneio de seleções.

Chapecoense: 98)Tiepo 31)Bryan (Kayzer) 3)Gum 23)Douglas 21)Ernandes 8)Márcio Araújo 86)Elicarlos  10)Gustavo Campanharo (Aylon) 88)Camilo 27)Arthur Gomes 77)Everaldo Técnico – Ney Franco

Fluminense: 25)Agenor 21)Igor Julião (Mascarenhas) 33)Nino 6)Yuri 19)Caio Henrique 29)Allan 20)Daniel (Frazan) 10)Paulo Henrique Ganso 32)Marcos Paulo 30)Brenner (Ewandro) 23)João Pedro Técnico – Fernando Diniz

Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa), auxiliado por Guilherme Dias Camilo (Fifa) e Felipe Alan Costa de Oliveira (CBF) – Trio de MG. Quarto Árbitro: Ramon Abatti Abel (CBF/SC) / Analista de Campo: Claudemir Maffessoni (CBF/SC) / Árbitro de Vídeo: Thiago Duarte Peixoto (CBF/SP) / Assistente 1: Vinicius Gonçalves Dias Araújo (CBF/SP) / Assistente 2: Fabricio Porfirio de Moura (CBF/SP) / Observador de VAR: Raimundo Nonato Lopo de Abreu (CBF/DF)

Cartões amarelos: Allan, Igor Julião, Ganso, Mascarenhas, Ewandro (Flu); Everaldo, Camilo (Chap)

Estádio: Arena Condá, em Chapecó

Horário: 20h (Quinta-feira, dia 13/06/19)

Público: 6.257

Renda: R$ 129.090

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here