A noite de quarta-feira (10) era de decisão no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma. O dono da casa e a Chapecoense decidiam a vaga para a quarta fase da Copa do Brasil, com vantagem para o representante do Oeste. No primeiro jogo, deu Chape por 3 a 2, e isso garantia a possibilidade de poder empatar.

A noite também marcava a estreia do goleiro Vagner, contratado na semana anterior, após o caso de doping envolvendo o então titular João Ricardo. O jogo também valia R$ 1,9 milhão para o classificado.

Foto: Adilson Germano / Rádio Chapecó

E o Verdão levou um susto no começo de jogo. Logo aos 3 minutos o zagueiro Gum fez pênalti em Vinícius. Reis cobrou e acertou o poste esquerdo do estreante Vagner. O zero a zero persistia. O bom público empurrava o time da casa, mas a Chape conseguia manter boa marcação.

CLIQUE AQUI PARA ACOMPANHAR MAIS NOTÍCIAS DO ESPORTE 

Ao longo dos primeiros 45 minutos, as duas equipes foram alternando períodos de melhor futebol, com a Chapecoense um pouco mais recuada. Aproveitando um bom contra-ataque, a Chape ampliou a sua vantagem no confronto de catarinenses. Aos 45 minutos Everaldo acelerou e passou para Victor Andrade, que dominou e chutou fora do alcance do goleiro Bruno Grassi. E com esse um a zero o primeiro tempo foi encerrado.

Foto: Adilson Germano / Rádio Chapecó

No intervalo o técnico Gilson Kleina tirou Reis, que perdeu o pênalti, e colocou Léo Gamalho. Ney Franco não mexeu no seu time. O Tigre, que agora precisava fazer no mínimo dois gols, iniciou mais ofensivo o tempo complementar.

O tempo passava, já era metade da segunda etapa, e o Verdão mantinha a dianteira no placar. Quem precisava marcar era o Criciúma, mas quem fez foi a Chapecoense. Aos 32 minutos Rildo recebeu cruzamento e mandou para as redes. A classificação estava garantida. Na melhor de duas partidas, o Verdão fez 5 gols e sofreu dois. No jogo de ida, Chape 3×2 Criciúma e no jogo de volta, Criciúma 0x2 Chape.

O adversário na próxima fase da Copa do Brasil será definido por sorteio. Já no domingo (14), às 16h, o time enfrenta o Figueirense, na semifinal do campeonato estadual, dentro da Arena Condá.

Criciúma: 30)Bruno Grassi 13)Maicon 3)Sandro 34)Derlan 6)Marlon 5)Jean Mangabeira 8)Wesley (Daniel Costa) 36)Caíque 7)Reis (Léo Gamalho) 17)Andrew (Gabriel Honório) 22)Vinícius Técnico – Gilson Kleina

Chapecoense: 89)Vagner 2)Eduardo 3)Gum 23)Douglas 6)Bruno Pacheco (Roberto) 86)Elicarlos (Amaral) 5)Márcio Araújo 10)Gustavo Campanharo 7)Rildo 77)Everaldo 11)Victor Andrade (Aylon) Técnico – Ney Franco

Arbitragem: Leandro Pedro Vuaden, auxiliado por Jorge Eduardo Bernardi e Leirson Peng Martins. Trio do RS

Cartões amarelos: Douglas (Chap);

Estádio: Heriberto Hülse, em Criciúma

Horário: 19h15m (Quarta-feira, dia 10/04/19)

Público: 11.338

Renda: R$ 206.845

 

Hoje é COPA DO BRASIL #vamochape Criciúma X Associação Chapecoense de FutebolParticipe!

Publicado por Rádio Chapecó em Quarta-feira, 10 de abril de 2019

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here