Sem o anúncio do novo treinador, após a demissão de Claudinei Oliveira no fim de semana, a Chapecoense recebeu o Tubarão na noite de quarta-feira (20) na Arena Condá. No comando interino estava o velho conhecido Emerson Cris.

Era noite de céu nublado e por vezes chuva fraca, bem ao estilo do outono iniciado uma hora antes da partida. Também era noite de reabilitação, ainda mais que o adversário era o lanterna do Campeonato Catarinense.

E o Verdão começou pressionando, buscando o ataque. Porém, faltava o arremate final. Trocando muitos passes, o time não chegava no goleiro Junior Belliato. Isso foi acontecer só aos 27 minutos. Gustavo Campanharo fez bom lançamento para Lourency, que perdeu a chance. O mesmo Lourency acertou o travessão aos 33’, chutando fora da área.

Apesar da pressão da Chapecoense, dos sete escanteios e da bola no travessão, o primeiro tempo encerrou sem gols. No intervalo, não houve alterações.

O visitante começou o segundo tempo de jogo ameaçando. Logo no primeiro minuto Denilson aproveitou uma cobrança de falta e a bola passou com perigo. Aos 10’ Emerson Cris fez a primeira substituição: Aylon no lugar de Lourency.

O tempo passava e nada de gol. Renato foi o segundo a entrar no gramado, substituindo Augusto. O último a sair foi Yan, dando lugar para Diego Torres. E o tempo passada. E nada de gol.

A Chape jogou todo o tempo final em outro ritmo e nem as alterações melhoraram o rendimento. Terminou mesmo em zero a zero. Agora é pensar no Hercílio Luz, adversário de domingo, às 16h, no Sul do Estado, estádio Aníbal Torres Costa. Com o empate, a Chapecoense permanece em 3º na tabela, com 25 pontos.

Chapecoense: 1)João Ricardo 2)Eduardo 33)Rafael Pereira 23)Douglas 6)Bruno Pacheco 8)Márcio Araújo 20)Augusto (Renato) 10)Gustavo Campanharo 25)Yann (Diego Torres) 13)Lourency (Aylon) 77)Everaldo Técnico – Emerson Cris (Interino)

Tubarão: 1)Junior Belliato 2)Oliveira (Cleiton) 3)Denilson 4)William 6)Parrudo 5)Daniel Pereira 8)Felipe Guedes 10)Leilson (Romarinho) 7)Guilherme Amorim 11)Roberto 9)Edu (Fio) Técnico – Luizinho Vieira

Arbitragem: Gustavo Ervino Bauermann, auxiliado por Clair Dapper e Renato Erdmann

Cartões amarelos: Denilson, William (Tub);

Estádio: Arena Condá, em Chapecó

Horário: 20h (Quarta-feira, dia 20/03/19)

Público: 3.657

Renda: R$ 49.185

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here